segunda-feira, abril 14, 2008

Era Uma Vez

Publicado, este sábado, no "Jornal do Seixal":
"Era Uma Vez"

Era uma vez (sim, porque todas as histórias começam assim) uma estrada, conhecida imemorialmente como a estrada do Talaminho. Apenas para não deixar nenhum leitor deslocalizado da história que se conta, dir-vos-ei que se trata da estrada que vai desemborcar na Estrada Nacional 10 e é usada precisamente para fugir ao trânsito nessa via cada vez mais “engarrafada”. Claro está que quem se aventurava (aventurava? ter-se-á o autor enganado no tempo do verbo? Não, como adiante se verá) por essa estrada arriscava-se a ganhar alguns bons minutos, mas a partir a suspensão do carro. Por isso o PSD, por iniciativa de um dos seus Deputados Municipais, o Dr. Miguel Martins, presidente da JSD/Seixal apresentou uma moção na assembleia Municipal, (para além de todos nós termos referido vezes sem conta essa situação), onde se requeria a reparação urgente da via. Até agora certamente não percebe onde está o espanto e a notícia, no entanto, logo lhe direi que o espanto está no voto contra da CDU e, dos ataques, gozo até, de que fomos alvo. Entre muitos outros mimos fomos acusados de não conhecer o concelho (aliás, acusação rotineira sempre que apresentamos alguma reclamação concreta) e de “a estrada ser tão segura, pois um destacado deputado municipal até a utilizava diariamente e podia garantir que a mesma não tinha buracos, mas apenas “altos e baixos”. Disse também qualquer coisa como isto: “uma vez que a variante da Estrada Nacional 10 estava em fase de conclusão (está mesmo, pergunto) seria uma má aplicação dos dinheiros públicos efectuarmos tal investimento.” Pois! Mais tarde, noutra discussão (já nem me lembro bem se foi quando insistimos nessa moção) fui até convidado por esse mesmo deputado municipal a fazer com ele uma viagem de carro ao local, para ele me (com)provar que eu estava enganado (gostava de saber como operaria ele tal milagre?). Há pouco tempo a JSD num trabalho meritório de denúncia pública colocou um outdoor mesmo na saída dessa estrada, antes de se entrar na estrada Nacional 10, voltando a denunciar o estado calamitoso da mesma. Entretanto parte dos buracos (os mais significativos, reconheça-se) foram arranjados. Agora vemos com muita ansiedade na próxima Assembleia Municipal a bancada da CDU insurgir-se contra o executivo da Câmara Municipal por ter feito “uma obra desnecessária, uma vez que anda a gastar indevidamente o dinheiro dos contribuintes em obras desnecessárias, em estradas seguras e a colocar alcatrão em estradas com “altos e baixos”, mas sem buracos. Já imaginaram o alcatrão necessário para nivelar uma estrada com “altos e baixos”? imagino que muito, mas certamente muito menos do que a vergonha da bancada da CDU na próxima assembleia Municipal
Nota: para não dizerem que o autor deste texto só vê a parte má, congratulo-mo que a Câmara, tarde e a más horas, é certo, tenha procedido à reparação referida. Sr. Presidente da Câmara, só falta seguir as nossas outras moções. O povo agradece.
Uma curiosidade: procurando elementos sobre a estrada do talaminho encontrei esta sentença de 2 de Agosto de 2005, proferida no Julgado de paz do seixal, onde dá como provado, relativamente á matéria de facto, no ponto 24 da sentença o seguinte:
“24. A Estrada do Talaminho tinha um piso bastante irregular, com lombas e buracos, pouco antes do local onde se deu a queda da carga”
Sr. Dr. Juiz, desculpe dizer-lhe, não são lombas e buracos o que V. Exa. apurou mas sim “altos e baixos”.

9 comentários:

Jorge Pieta disse...

O problema destes senhores é mesmo esse... uns dias tem ideias altas noutros dias tem ideias baixas o que dá um caminho muito irregular com muitos buracos.

Anónimo disse...

Também "Eu Desejava" que entre a classe dos Políticos reinasse o Bom Senso, em vez de lutas em prol de cores partidárias, muitas vezes, ou quase sempre, em detrimento dos interesses que vissam servir: Os de todos nós!

E o meu Desejo tem Cores:
Permito-me publicar um Poema da minha autoria, exactamente, com esse nome: "As Cores Do Desejo"

Aventuro-me a querer pintar o Desejo como o sinto
Mas a minha proeza pode ser demasiado arriscada
O Desejo é a luz que me escolta e à qual não minto
E matizá-lo será vivê-lo numa aguarela arrojada!

Se O quiser pintar de cor branca elogiando a neve
Basta para tal fechar os olhos e deixar-me arrastar
O Desejo pensado é um vendaval que me serve
Dos seus cures momentos vividos no meu sonhar!

Se a cor eleita for sem sombra o azul do nosso céu
Deleito-me ao esboçar a minha tela num só perfil
Em tal tinta revejo o que Dele nos regala sem véu
O prazer que Dele renasce brilha num luzente anil!

Se por sua vez de amarelo muito O ambicionar pintar
Enxugo-me dos pensamentos que logo me assaltam
Sou invadida pelos toques que exilam o meu serenar
O meu corpo estremece nas garras que me avassalam!

Se a sorte de O colorir calhar ao laranja cor de chama
Rendo-me ao queimar que do sol será eterno refém
A intimidade que os une desenha-se na ardente cama
Que recebe do corpo e do espírito o que mais se tem!

Se o Desejo reclamar a cor verde a vontade lhe farei
E não hesitarei em dotá-lo da sua simbólica esperança
Dela o Desejo que ilustro é seu vassalo como de um rei
Pois o que mais almejo é senti-lo numa imortal dança!

Mas se apostar na cor vermelha que apela à excitação
Irei perder-me em pincéis, tintas e quadros sem fim
O rubro é por excelência a cor que dignifica a sensação
Viver do Desejo o seu Prazer a que sempre digo Sim!

São tantas as cores que ornamentam o meu Desejo
Que nestas rimas jamais as conseguiria descrever
Ele é merecedor de um arco-íris em forma de Beijo
Senti-lo é ceder-me ao mais belo retrato do Prazer!

São as "Cores do Meu Desejo"

Anónimo disse...

Tal foi a Emoção em retratar as "Cores do Meu Desejo" que, lamentalvelmente, me esqueci de excluir de "tal Classe de Políticos" o Digníssimo Autor do Post comentado.

Assim, apresento, publicamente, o meu pedido de desculpas e afirmo "Que todos os políticos sejam como Ele" ... A nossa vida seria bem melhor!

Anónimo disse...

lindo poema.
muito lindo mesmo.
parabéns ao seu/sua autor(a)

Anónimo disse...

Mais uma pérola da nossa Democracia.
Luís Marques Guedes nomeou Gonçalo Santana Lopes, filho do antigo primeiro-ministro, para "técnico de apoio parlamentar de 1.ª do grupo parlamentar do PSD"......e deverá estar a auferir um vencimento mensal de 1458,49 euros.

Anónimo disse...

O Sr. é um verdadeiro contador de histórias, mas veridicas!
Há histórias que começam como esta :" Era uma vez...", mas também podem começar assim: Certo dia...

Continuação de bom trabalho

Ponto Verde disse...

Surreal!

Sugiro a criacão do Parque temático da montanha russa do Talaminho ou a Reserva Natural das Dunas da Quinta da Princesa e realizar aí o próximo evento de Turismo da Natureza organizado pela CMS.

Paulo Edson Cunha disse...

Como sempre, agradeço os comentários publicados até este momento neste post com especial refrência ao poema (lindíssimo) e às palavras elogiosas (e exageradas) que me foram dirigidas pela sua autora.
Se a autora enviar mais algum poema, prometo que oportunamente o coloco nos posts, para ser devidamente lido e analisado.
Obrigado

Filipe de Arede Nunes disse...

A JSD Seixal agradece ao Exmo. Senhor Presidente da Comissão Política de Secção do PSD Seixal, Dr. Paulo Edson da Cunha, o relevo que atribuiu a esta iniciativa da JSD relativa à estrada do Talaminho.
De referir, que a JSD Seixal irá ainda tomar posição pública sobre este assunto, estando no momento a preparar todos os documentos para suportar a sua posição.
Continuação de bom trabalho.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes