domingo, junho 28, 2009

Euromilhões




Está desde esta semana na rua, uma revista que está progressiva e rapidamente a crescer de qualidade e importância e que muito me orgulho de escrever para ela há muitos números.



Trata-se da revista de desporto "O praticante", cuja versão online poderá ser vista através deste link: http://www.yudu.com/library/13353/davidsilva-s-Library



Espero que leiam, gostem e comentem .



Boa semana







"Agora que o mundo está boquiaberto com a valor completamente “pornográfico” que foi pago pelo Real Madrid ao Manchester United, apenas os dois Clubes mais ricos do mundo segundo a prestigiada consultora “Delloitte” , o Benfica prepara-se para vender o defesa central Luisão (na foto com o meu filho), que é, do meu ponto de vista, a par com o Nuno Gomes, um dos dois únicos e actuais símbolos do Benfica ainda em actividade,
Um exercício curioso, apenas para tentarmos relativizar as coisas, sempre díriamos que os 93 milhões de euros gastos na compra do passe do Cristiano Ronaldo,foi precisamente a verba de receita arrecadada pelo munícipio do seixal em 2008, ou se quisermos ser mais rigorosos, € 92.444.556,00.
Jorge Valdano, ex-jogador de futebol, ex-treinador, actual dirigente do Real Madrid, mas também um dos principais pensadores do fenómeno futebolístico à escala global costuma dizer que “um jogador vale o que derem por ele”. Ora, esta verdade que aparentemente pode ser catalogada como verdadeiramente “Lapalissiana”, e mais próprio do jargão futebolês a que seguramente estamos habituados, mais não é do que uma constatação pragmática do fenómeno social.
Vejamos, quanto não gastou o Real Madrid na época passada com as contratações milionárias efectuadas? Seguramente mais do que com os cem milhões de euros gastos com o nosso Cristiano. Se ao valor do passe desportivo dos jogadores somarmos os seus milionários salários, então concluíremos que esses jogadores custaram uma verdadeira fortuna mas não amortizaram o investimento em si realizado, desvalorizando o seu passe desportivo em futuras transferências e, pior, não amortizaram desportivamente com o seu contributo e, consequentemente, desvalorizaram o valor de mercado do próprio clube, que vive de vitórias, logo, também o seu merchadising, direitos televisivos, participação em torneios e prémios por participação na milionária liga dos campeões, etc, etc.
No final da época 2009.2010, faremos as contas e logo veremos se o orgulhosamente nosso Cristiano justificou o dinheiro que se pagou pelo seu passe desportivo, ou não.
Dir-lhe-ei também que essa verba é quase tanto quanto vai custar-nos, a nós seixalenses, o novo Edíficio Municipal, que não tarda nada, estará a ser inaugurado com toda a pompa e circunstância, apanágio de quem gere os nossos destinos. Nesse caso, temo que sem qualquer amortização funcional que justifique o investimento. Uma coisa é comprarmos um jogador que dá retorno garantido, outra é comprarmos um jogador duvidoso pelo preço de um Ronaldo ou de um Messi e isso é o que o nosso executivo camarário está a fazer neste caso.
Pior, muito pior, faz como certos dirigentes desportivos que contratam direitos televisivos para dois ou três mandatos depois do seu, hipotecando o futuro. É bom que todos percebamos que este executivo fez um contrato que hipoteca os próximos 20 anos, ou seja, 5 mandatos.
Por outro lado, sempre vos digo que há pessoas que têm uma boa ideia, enriquecem, ou prestigiam-se com ela, e depois não percebem que o mundo à sua volta evolui e que, até podemos manter a génese dessa ideia, mas é necessário inovar, apostar noutras valências, expandir o risco e a inovação. E no campo desportivo, o concelho do Seixal, depois da inovação que foram as Seixalíadas, pouco ou nada fez
Estou certo que, aproveitando a relação privilegiada com o Benfica, através da disponibilização do terreno na nossa autarquia, com o “acordo de cavalheiros” que existia para os Seixalenses beneficiarem desse espaço, ou de uma outra forma, mais ou menos imaginativa, que se for eleito Presidente da Câmara Municipal do Seixal, vou, em nome da autarquia, aproveitar todas as benesses possíveis que se possam retirar da nossa parceria com esse grandioso clube.
O Benfica, clube do meu coração, teria muitas vantagens em rodar alguns dos seus atletas, incluindo júniores, em épocas de transição, num clube como o Seixal ou o Amora, ou até nos dois, pois o factor proximidade permitiria uma observação mais atenta dos seus departamentos técnicos. Em termos de logística, para os próprios jogadores, as vantagens são tão evidentes que me escuso a comentar.
Só não vê quem não quer!

6 comentários:

Anónimo disse...

A forma como escreve, comoexplica as coisas, mudando, ou misturando assuntos tão diferentes de uma forma tão natural é de lhe dar os parabens.

Anónimo disse...

Meus amigos, foi para grande estupefacção minha que recebi um e-mail de um senhor chamado Raul Silva que, ao que vim a saber posteriormente, é o responsável do Partido Socialista no Seixal pela informática e candidato à Junta de Freguesia de Corroios pelo mesmo partido. O e-mail, que foi enviado a contactos de outros militantes POR TODO O PAÍS dizia o seguinte e passo a citar:
“Camaradas, muito agradecido ficaria, entrassem no endereço http://www.roteirodoseixal.com e votassem para presidente o camarada Samuel Cruz, sei que estes estudos são falíveis, mas é sempre melhor ir na frente.

Desde já o meu muito obrigado

Raul Silva
DND – Partido Socialista”

Eu deixei de militar no Partido Socialista exactamente por causa deste tipo de atitudes que só põe em causa a credibilidade do partido, e venho agora a receber este tipo de mensagem. Não me identifico minimamente com os membros do partido no Seixal porque considero que fazem apenas uma oposição virtual e são desonestos para com os nossos conterrâneos. Peço desculpa por estar a divulgar o conteúdo do e-mail mas o Partido Socialista no qual militei não entra em esquemas que visam obscurecer a visão dos habitantes do nosso concelho através de votações manipuladas.

Qual é a necessidade de clamarmos ajuda aos militantes nacionais numa questão que apenas diz respeito aos habitantes do Seixal? Acham que militantes, por exemplo, de Coimbra, Braga ou Faro sabem o que se passa no nosso concelho para terem uma opinião formada acerca de quem deve ser o nosso presidente de câmara?

Faço intenções de ir muito mais longe com esta denúncia, dependendo das respostas que tiver a esta mensagem.

É uma vergonha!

Maria Dias disse...

Bonito serviço, neste tipo de “pornografia” só vejo duas situações, ou este actual Executivo pensa que vai ficar toda à vida instalado na Câmara Municipal, (neste caso mais cinco mandatos), e vão resolvendo o problema do tal contrato que hipoteca os próximos 20 anos ou então já sabem que vão perder e por isso passam a “batata” quente a outro.
Uma "batata", que dá pelo nome de Edifício Municipal.
Que como é de esperar, será inaugurado com toda a pompa e circunstância necessária, servindo assim de mote de campanha para tapar os olhos aos mais incrédulos.
Penso que a população ficaria mais contente com outro tipo de gastos como por exemplo na saúde ou na educação.
Mas, é claro que esse tipo de obra nem sempre é visível a curto prazo, e a “batata” essa até se vê a uma certa distância……..

J.S. Teixeira disse...

Vejam o mais recente artigo do blogue O Flamingo acerca da Hipocrisia do Partido Socialista Seixal.

Anónimo disse...

Terça-feira, 30 de Junho de 2009
Hipocrisia do PS Seixal

Caros leitores,

Gostaria, hoje, de apresentar algumas conclusões sobre um tema que resolvi investigar um pouco mais em detalhe e que revela a hipocrisia de alguns membros do Partido Socialista (PS) no Concelho do Seixal.

Há muito pouco tempo vi no blogue A-Sul um comentário de um Sr. Anónimo que me intrigou, já que acusava o executivo do PS no Seixal de estar a manipular votações online no site do Jornal do Seixal. Dizia o Anónimo que um tal de Raul Silva teria, supostamente, enviado um e-mail a uma larga lista de militantes do PS nacional pedindo que estes votassem no candidato Samuel Cruz, para Presidente da Câmara Municipal. Dizia também o comentário, e que depois foi apurado por mim, que este Sr. Raul Silva é, não só, responsável pelo sector informático do PS no nosso Concelho, como também é cabeça de lista nas eleições autárquicas na freguesia de Corroios pelo mesmo partido.

Pedi então ao Anónimo que me enviasse o e-mail que recebeu do Sr. Raul Silva e ele aqui está a cópia integral do mesmo:

“Camaradas, muito agradecido ficaria, entrassem no endereço http://www.roteirodoseixal.com e votassem para presidente o camarada Samuel Cruz, sei que estes estudos são falíveis, mas é sempre melhor ir na frente.

Desde já o meu muito obrigado

Raul Silva
DND – Partido Socialista”


Ora, parece-me a mim que esta é mais uma tentativa escandalosa de enganar os habitantes do Concelho do Seixal que lêem este jornal. Para além disso creio que se trata de uma grande desonestidade política fazê-lo. No entanto, considero que é, acima de tudo, hipocrisia, já que os membros do PS Seixal, recorrem frequentemente à calúnia para acusar o executivo da C.M. Seixal dos mais diversos impropérios. Reitero também, as palavras do Sr. Anónimo quando questiona os membros do PS Seixal quanto à validade destes votos:

“Qual é a necessidade de clamarmos ajuda aos militantes nacionais numa questão que apenas diz respeito aos habitantes do Seixal? Acham que militantes, por exemplo, de Coimbra, Braga ou Faro sabem o que se passa no nosso concelho para terem uma opinião formada acerca de quem deve ser o nosso presidente de câmara?”





Este Sr. Anónimo revelou-me também que publicou o comentário em diversos blogues, inclusive nos blogues do Vereador Samuel Cruz e da JS Seixal (coordenado pelo Sr. Sérgio Paes) e que nenhum dos mesmos teve a coragem de o publicar. Fiquei realmente desapontado por saber que o Sr. Vereador Samuel Cruz censura comentários no seu blogue, pela única e exclusiva razão de não lhe convirem. Para além disso, a censura deste comentário, por parte destes dois Srs. atesta a sua veracidade, já que se fosse mentira, acredito que os Srs. Samuel e Sérgio teriam todo o gosto em defender a sua honra. Seria, no entanto, uma mancha para a sua apresentação pública na Quinta da Fidalga. Assim sendo, censuraram.

Por fim, gostaria de fazer uma ressalva a um recente artigo publicado no blogue da JS Seixal, em que me acusava de fazer comentários que ofendiam a moral dos cidadãos. Devido a estas acusações desafiei o Sr. Sérgio Paes a apresentar todos os comentários, por mim efectuados, em que fizesse qualquer tipo de ofensa a quem quer que seja. No entanto, mais uma vez, o mesmo Sr. (?), censurou o meu comentário, negando-me o direito de resposta à acusação que me dirigiu, e muito menos me indicou quais os comentários onde eu proferi tais impropérios. Na minha humilde opinião, esta conduta insere-se no plano, não só, da desonestidade política e humana, mas como também, no plano da falta de educação e, agora sim, de civismo. Começo a ter a certeza que o problema deste Sr. não é o facto de as pessoas escreverem com falta de civismo (diz ele), mas sim a sua incapacidade e incompetência de lhes fazer frente no debate político, como de resto já foi mais que provado noutras ocasiões.

Tenho dito.

Publicada por J.S. Teixeira em Terça-feira, Junho 30, 2009

Júlio Almas disse...

Agradeço a quem quiser publicar em vez de o deixar em comentário


(Carta que enviei por mail ao Senhor Director do Jornal do Seixal e à qual não obtive, ainda, resposta.
Peço desculpas a todos os que não se identificam com a incompetência e trabalham para um futuro construtivo.
Será a presente carta, enviada para todos os blogues da margem sul e restantes meios de comunicação social)





Ao Exmo. Senhor Director do Jornal do Seixal


Tenho visto anunciado nos meios de comunicação social (jornais, blogues e o Boletim Municipal), notícias de índole cultural das mais variadas personalidades do nosso concelho. A esses os meus parabéns pelo seu trabalho.
Recebi à uns tempos atrás, pelo Boletim Municipal, a noticia de que um jovem designer deste concelho tinha sido seleccionado num concurso internacional de Design. A esse jovem os meus parabéns.
É necessário, senão urgente, anunciar que do nosso concelho, também nascem e crescem pessoas que demonstram qualidades culturais.
Os artistas do nosso concelho devem ser reconhecidos como exemplo de trabalho e perseverança. Devem os nossos jovens ter como exemplo, quem opta pela via académica para concretizar os seus sonhos e é bem sucedido.
Sendo na minha humilde pessoa, artista e funcionário de administração local (assistente operacional), munícipe à 18 anos, venho expressar a tristeza de ser um ilustre exemplo desconhecido para os jovens deste concelho.
Sei que tenho mais obras em acervo de Gravura na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, do que qualquer artista desde a década de 50. De que estas servem de exemplo e divulgação para todos os jovens da Academia.
Sei que venci um dos mais difíceis dos concursos internacionais de Gravura em 2008 (PREMIO INTERNACIONAL DE GRABADO “MAXIMO RAMOS”).
Sei que fui em 2007, seleccionado para a Estampa (a maior mostra de Gravura do mundo).
Sei que em 2004 fui convidado para representar Portugal na BIENAL INTERNACIONAL DO DOURO.
Com isto e mais algumas conquistas, decidi despender algum do meu tempo a construir um blogue, a anunciá-lo por todos os meios de comunicação social do concelho.
Como já deve ser claro, não o fiz pelo protagonismo. Fi-lo pela consciência de que tendo conseguido construir toda esta carreira artística, o devia a todos os que me apoiaram e com os seus esforços financeiros, me proporcionaram um percurso académico e tudo o que daí advém (os contribuintes).
Fico triste por saber que dos poucos blogues que demonstraram algum interesse em divulgar os meus trabalhos, foram sucessivamente apagando os registros da sua existência.
Triste por ver jornais que na sua ignorância, suprimem informação de interesse público, pois nem me passa pela cabeça, razão diferente. E, nem pense o senhor director de que me vende a ideia do desconhecimento, pois esse é o seu trabalho como jornalista.
Não peço ao senhor director que gaste meia coluna com o meu trabalho, pois não penso ser a conquista de um prémio internacional de arte, ou o recém terceiro lugar noutro, algo mais importante que a noticia de um concurso municipal de fotografia (obras fotográficas que ainda não tive oportunidade de as vislumbrar no Boletim).
Longe de mim pensar que o ensino a fazer o seu trabalho.
Acredite o senhor director de que acho ser o seu trabalho e o dos seus colegas da comunicação, um total descrédito para o desenvolvimento do concelho.
Mas peço-lhe encarecidamente que nalgum dos próximos meus sucessos, o divulgue. Nem é necessário mencionar o meu nome. Basta-me saber que chega aos nossos jovens munícipes a mensagem de que alguém deste município, com o esforço do seu trabalho conseguiu o máximo reconhecimento.
O Concelho do Seixal não é exemplo da vanguarda cultural em Portugal, mas, infelizmente, está nas mãos de pessoas como o senhor director, dar o exemplo de que aqui se trabalha e estima quem trabalha, por e neste concelho.

Encarecidamente pelo desenvolvimento sócio-cultural do nosso concelho.
Atentamente,
Júlio Almas
Seixal, 30-06-09