segunda-feira, maio 05, 2008

Gaivotas a Navegar

Visite este blogue:
"Gaivotas a Navegar" , com o seguinte link
http://gaivotasanavegar.blogspot.com/
Uma iniciativa do "Velas do Tejo" a que eu me associei desde a primeira hora.
Conto consigo para mais esta causa.

4 comentários:

Anónimo disse...

Se assim é, é uma pena que não haja interesse pela conservação do património, estas gaivotas são património. Em Alcochete, foi recuperada uma embarcação, penso que há cerca de 15 ou 16 anos, julgo que em parceria entre a Autarquia e Instituto de Emprego, através de um programa que vigorou, de Conservação do Património, embarcação que ainda hoje navega no tejo, utilizada em passeios turisticos. Mas Alcochete é terra de tradições, deviamos seguir-lhe alguns exemplos.

Velas do Tejo disse...

Oportunamente, terei condições para lhe fazer o devido agradecimento. Ainda assim, obrigado pelas referencias que tem feito.

O comentário do anónimo reflete uma abortagem tão possível quanto necessária, inclusivé no âmbitos detas profissões quase extintas. Os calafates e os carpinteiros de machado que ainda existem, estarão no activo mais quinze anos, depois... Quem conservará as embarcações das autarquias?

Sobre o resultado em Alcochete, posso acrescentar que das embarcações que navegam, o Alcatejo é das que se encontra em pior estado de conservação. Aqui um grande puxão de orelhas para o sr. presidente da C.M.Alcochete

Anónimo disse...

Caro Velas do Tejo, tinha intenção de também publicar os meus comentário no seu blog, que muito aprecio, mas não consegui publicar.
Relativamente ao Alcatejo, referi que foi reuperado há cerca de 15 anos, lógicamente precisará de conservação. Quanto aos "puxão de orelhas" ao Sr. Prsidente, não partilho da sua opinião, conheço-o pessoalmente/institucionalmente, e sei que é uma das suas preocupações fazer a manutenção do Alcatejo. Não esqueçamos que o Sr. Presidente da C.M. Alcochete está em funções há pouco mais de dois anos e que não terá herdado tarefa fácil. Terá de gerir prioridades. Mas esta é apenas a minha opiniâo.

Os meus cumprimentos

Velas do Tejo disse...

Caro anónimo,
Tem toda a razão. Também conheço essas preocupações. Ainda assim um puxão de orelhas faz sempre falta. Já no caso do Seixal só lá vai à tareia...