quarta-feira, maio 21, 2008

C/. Texto : Comércio do Seixal - Temas da Semana: A Escalada do Preço dos Combustíveis e PDM de 2.ª Geração está em Marcha - dê-nos o seu contributo

Deixo-vos os texto a serem publicados, hoje, no "Comércio do Seixal"


Estou com um sério problema. Quando pensei no tema a gasolina e gasóleo tinha aumentado 15?,16?,17? vezes desde o início do ano. Depois, lançámos o tema e já tinha aumentado mais uma (ou seriam duas?) e desde ontem, já está confirmado outro aumento. Resultado, em vez de me preocupar em saber quantas vezes os combustíveis já aumentaram neste ano, visto que, pelo andar da carruagem, entre o momento em que envio esta crónica para a redacção do jornal e o momento da sua publicação já há mais um aumento e, se o caro leitor apenas pegar neste jornal na próxima segunda-feira, em vez de no momento da sua distribuição (na sexta-feira), então, nesse caso, já não garanto minimamente o número que escrevo (vai na 21.ª subida desde o início do ano, mas o ano só ainda começou há cinco meses...).
Quando estudei economia política na faculdade o professor da cadeira explicou-nos por A mais B que no dia em que o petróleo custasse 70 dólares por barril (marca impensável em 1990), significaria o colapso do capitalismo, da forma como o entendíamos, pois a economia mundial entraria num colapso de dimensões incalculáveis. Se tivermos em conta que já se fala nos 200 euros por barril...
O problema é mais grave e implica mais medidas por parte do Estado do que aparenta. A disparidade do preço ao consumidor deste bem em comparação com o preço praticado em Espanha e, se a isso juntarmos o resto do custo de vida, a carga fiscal e os ordenado mínimo nos dois Países, verificamos que não há um único empresário que aposte em Portugal. Já nem os Portugueses...A esse propósito veja-se os números extremamente preocupantes que vieram esta semana a público onde o investimento estrangeiro em Portugal caíu a pique, o que agrava bastante mais a nossa situação.
Quem quiser ganhar algum dinheiro fácil compre um barril de petróleo, guarde-o um mês e revenda-o. Quem sabe que como as coisas estão, não tem uma mais valia milionária?
Entretanto o governo vai assobiando para o ar, enquanto que os seus cofres se vão enchendo com muitos milhares de euros a mais do que o projectado. Assim é fácil baixar o défice...

Decorreu no passado dia 19 de Maio uma reunião Plenária das comissões específicas da Assembleia Municipal do Seixal que contou com a presença do Sr. Presidente da Câmara, Vereadores e técnicos afectos ao urbanismo, onde se discutiu a Revisão do Plano Director Municipal e os Planos de Urbanização e Planos de Pormenor em curso, nomeadamente os da Arrentela/Torre da marinha/Fogueteiro e o das Frentes Ribeirinhas (Baía Sul e Amora). Para além de lindas palavras, promessas idílicas que, num gesto de altruísmo, até estou tentado a candidatar o Seixal a Património Universal, ressalta a preocupação de ser tudo feito (pelo menos planeado) à custa de construção, construção e mais construção. Preparem-se, meus amigos, o Seixal vai a caminho dos 170.000 habitantes e em vez de se curar de criar as melhores condições para essas 170.000 pessoas viveram com qualidade de vida, de forma sustentada, sobretudo no que ao ambiente diz respeito, a Câmara, embora diga que quer preservar esses aspectos, privilegia a construção de habitação “ao quilo”, ainda por cima de luxo, a preços claramente incomportáveis para os seus habitantes, criando um problema grave de sustentabilidade para o nosso futuro.
Meus amigos, o PDM em revisão ainda pode contar com a sua participação, está na hora da população agradecer a estes senhores pelos serviços (mal) prestados e dizer que não quer viver em autênticas selvas de cimento em que a gestão comunista está a transformar este lindo Concelho. Siga o MEU conselho!!!
Anteriormente, apenas tinha colocado o lançamento do tema. Assim...

Antes de mais, deixem-me indicar-vos e dar as boas vindas a um novo Blogue, nosso Parceiro e, onde também poderão comentar para esta rubrica. Estou a falar-vos do blogue do "Comercio do Seixal", cujo Link é: comerciodoseixal.blogspot.com . Deixo-o também nos meus favoritos (do V/. lado esquerdo)

Para esta semana, como tema nacional, um que é incontornável ao bolso de todos nós. O Aumento incontrolável do preço dos combustíveis. Pretende-se uma discussão aberta onde se aborde a questão do imposto que incide sobre este produtos, a sua eventual cartelização por parte das GALP´S, B.P.´s e Comp.ªs e o resultado do relatório encomendado pelo governo. Por outro lado, se entendem que o governo devia intervir, se deveria limitar-se a baixar o imposto. Enfim, pronunciem-se.

Quanto ao tema local, vem na sequência de uma reunião promovida pela Câmara Municipal em articulação com a Assembleia Municipal que decorreu esta semana com todas as comissões da AM e com técnicos da Câmara onde foi avançada mais um pouco de informação sobre a revisão do PDM e sobre os Planos de Pormenor que brevemente vão entrar em vigor em Corroios, Amora, Torre da Marinha, Seixal e Siderurgia.
Por agora, e com assuntos como o da Verdizela na ordem do dia, pretende-se apenas saber a vossa opinião sobre o PDM (o actual) e quais as sugestões para o próximo.
O meu texto e o do Dr. Samuel Cruz, do Blogue "Rumo a Bombordo" deverão trazer dados adicionais sobre a nossa perspectiva.
Mas, como sabem, essa opinião é publicada na próxima sexta-feira, na edição de papel, e depois publicada nos respectivos blogues.
Se comentarem, também poderão ver o vosso comentário publicado no jornal. Assim, a redacção do jornal o eleja.

8 comentários:

Paula Neves disse...

Excelentes tema.
Tenho acompanhado o seu blogue desde que li através do jornal e gosto muito, da sua forma de screver, da sua postura e da maneira elegante como ataca a Câmara e o Governo.
Sobre os combustíveis é um escândalo o que este Governo e as petrolifferas estão a ganhar graças ao zé-povinho. o governo devia pôr mão nisto.
Sobre o pdm depois do que temos visto a câmara a fazer durante todos estes anos, não espero nada de bom.
continuação de bom trabalho

Bruno Ribeiro Barata disse...

Tendo em consideração que o preço do petróleo pesa apenas 1/3 no preço final dos combustíveis; Porque será que estes têm tido aumentos superiores aos do petróleo?
As propostas de diminuição da carga fiscal apenas visam melhorar os lucros das petrolíferas e não diminuir os preços para os consumidores. O problema não está nos impostos mas sim na ausência de concorrência.

Anónimo disse...

E digo mais, que o último comentador não disse - o aumento deve-se apenas à descida do dólar face ao euro,portanto o petróleo não está a aumentar,mas como os índices do petróleo são medidos em dólares por isso o petróleo aumenta, mas como o euro vale cada vez mais que o dólar não se compreende do que se queixam as petroliferas. mas o estado vai continuando a enriquecer com o ISP

Samuel Cruz disse...

Seixal: Vereador do PS pede inquérito sobre morte de homem edifício abandonado da autarquia, veja em:

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/9a5b5b806c39f6139e4d39.html

Anónimo disse...

Agora parece que o aumento dos combustíveis tem grandes vantagens, proteger o planeta, imagine-se!

Anónimo disse...

Hipocrisia:
como votou o PS a moção do PSD na Aswsembleia Municipal?
Isso é que o vereador samuel cruz deve responder

M disse...

Tenho duas dúvidas! Como votou o PS na Assembleia Municipal? E terá o Sr. Vereador Samuuel, em momento oportuno, apoiado a iniciativa do Dr. Paulo Edson, ou só agora resolveu preocupar-se e envolver-se solicitando a abertura de inquéritos?

Poderia ter sido evitada uma morte.

Samuel Cruz disse...

Esclareço que questionei o executivo comunista sobre esta matéria na reunião de Câmara de dia 13 de Fevereiro, como pode ser verificado pela consulta da acta n.º 3 de 2008, disponível no meu blog.
Quanto ao sentido de voto do PS na Assembleia Municipal tal deve ser questionado aos membros da Assembleia Municipal não a mim, sendo certo que os Vereadores eleitos pelo PSD não se pronunciaram sobre esta matéria na Câmara Municipal.