domingo, maio 25, 2008

Rúbrica "Painel Parlamento", no semanário "SEM MAIS-JORNAL"

Publicada ontem, como habitualmente, na Rúbrica "Painel Parlamento", no semanário "SEM MAIS-JORNAL", a resposta do Deputado Luis Rodrigues (PSD) à questão formulada para todos os deputados incluídos no Painel:
Pergunta: Qual a opinião sobre o denominado “programa de choque” para a área de Oftalmologia, anunciada pela Ministra da Saúde para combater as listas de espera nas cirurgias às cataratas no âmbito do SNS (Serviço Nacional de Saúde)?



Resposta:
A terapia de choque é utilizada muitas vezes em situações de pré-colapso não resolvendo definitivamente a doença.
Foi preciso que o meu amigo Luis Gomes (PSD), Presidente da CM de Vila Real de Santo António, tivesse a iniciativa de encontrar soluções para os problemas de visão de grande parte da população do seu concelho, para que o Ministério da Saúde fosse pressionado para ele próprio dar alternativas aos portugueses.
Se mais municípios entendessem recorrer a outros países para resolver os problemas de saúde dos seus cidadãos nas várias valências, será que a Ministra da Saúde encontraria terapias de choque para todas as áreas?
Teríamos todo o Ministério da Saúde em “Estado de Choque”?!
Não discordo da medida de emergência, mas critico a incapacidade do Ministério da Saúde em encontrar medidas preventivas capazes de consubstancias soluções duradouras.

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Joana disse...

Sr. Deputado, uma palavra de apreço pelo trabalho que tem desenvolvido no Distrito de Setúbal.

Muitas medidas têm de ser tomadas para acabar com a inércia de muitos serviços, especialmente nos serviços de saúde.

Mas quando? Como? Haverá muitos interesses que não permitem que se consiga??