terça-feira, julho 14, 2009

Estratégias. Comente para o "Comércio..."



Nesse post confrontei o Dr. Paulo Silva, meu colega da AM e "porta-voz" bancada da CDU, que tem a tarefa de ser o "controleiro de serviço". Disse-lhe que ele mente, que à falta de argumentos contra o PSD ele prefere lançar a confusão, a ver se pega...


Na última Assembleia Municipal Extraordinária o PSd teve duas excelentes intervenções, através da Dra. Clara Carneiro, n.º 2 da lista da câmara e do Eng.º Luis Rodrigues, candidato e cabeça-de-lista à Assembleia Municipal.


Essas intervenções foram sustentadas tecnica e politicamente, como raramente vi naquele fórum.


A posição do PSD parecia inatacável. Desmascarou a falácia que a CDU tem usado de que a Dra. Clara Carneiro era contra o hospital, apenas porque teve a visão e ombridade de inicialmente não ter votado uma moção relativamente ao Hospital do Seixal, porque disse que se recusava a aceitar um hospital sem internamentos e urgências. Anos depois não temos todos a mesma posição? Não foi a própria bancada da CDU que ontem , com a anuência do executivo e aprovada por unanimidade que apresentou uma moção a dizer o mesmo?


Pois, compreendo o amargo de boca de todos aqueles que perceberam que a posição da dra. Clara carneiro tinha sido a correcta e que todos nós só a seguimos anos depois.


Também a CDU (ou apenas o Dr. Paulo Silva?) não podem dizer que o PSD não foi um elemento activo, interventivo, colaborador e leal, na construção do hospital, participando no abaixo-assinado, no cordão, na festa, nas diversas votações, em artigos de opinião (ainda há pouco escrevi um no jornal "Sol"), na comissão e em todos os locais.


Assim estava estragada a estratégia da CDU de dizer que são os únicos, os legítimos, os autenticos defensores do Hospital, portanto gavia que criar factos políticos. Conseguiram.


Uma dúvida assalta todos: ele (Dr. Paulo Silva) age em nome do partido, numa estratégia concertada com as cúpulas locais do PCP, onde ele diz despudoradamente todas as atoardas que lhe apetece, obrigando os adversários a "baixar o nível", sob pena de tácitamente estarem a confirmar essas atoardas, ou então ele age "a soldo" do partido , o que não invalida que não o responsabilize.


De uma vez por todas vou encerrar o assunto e provar o que digo - destacarei a intervenção do Deputado que falou em nome do PSD, Dr. Ricardo Leite, médico e Presidente da Concelhia do PSd de Cascais, que diz aquilo que sempre tenho dito:


"10.2.9.5. O Sr. Deputado Metropolitano Ricardo Leite: “Muito boa tarde Sr. Presidente daAssembleia, restantes elementos da Mesa, Sr. Presidente da Junta, restantes elementos daJunta, caros colegas da Assembleia, secretariado, membros do público.Antes de mais é a minha primeira vez a intervir, quero dizer que é uma honra e um prazerpoder estar aqui e espero que, apesar das minhas poucas primaveras possa, por um lado,tendo em conta a média de idades, ganhar com a experiência desta Assembleia, mas por outrolado também contribuir, através da AML, para o crescimento e o desenvolvimento sustentadoda Área Metropolitana de Lisboa.Venho aqui falar da Moção D sobre a Rede Hospitalar na Área Metropolitana de Lisboa e devodizer que este tipo de Moções dão-me gozo, porque quando eu começo a ler uma Moção quetraz chavões como o acesso ao serviço de saúde e a qualidade dos cuidados prestado são umdireito dos cidadãos e uma condição fundamental do bem-estar das populações, normalmenteestamos de acordo com o resto, e lendo a Moção fiquei na dúvida se estava de facto naAssembleia Metropolitana de Lisboa ou se estava na Associação de Amigos da Margem Sul deLisboa; porque quando eu leio um título que fala sobre a rede hospitalar na Área Metropolitanae depois só me falam no Hospital Garcia da Horta e no novo hospital da área Amora-Seixal,parece-me curto, parece-me pouco. Quando na Área Metropolitana temos problemas como oHospital de Loures, temos problemas como o Hospital de Cascais, quando temos a indefiniçãoverificada no Centro Hospitalar de Lisboa, quando temos a indefinição verificada no HospitalCurry Cabral, quando o Hospital de Todos-os-Santos ainda pertence apenas aos santos,quando o IPO foi vendido sem destino, quando não temos uma política de prestação decuidados de saúde pediátricos e quando as unidades de saúde familiares são apenas umamiragem sem uma clara política definida, enfim, fica a ideia de que se calhar temos que fazer algo mais e portanto, o espírito da Moção está correcta, concordamos com ela, no entanto sugerimos que os proponentes baixem esta Moção à respectiva Comissão Permanente de Coesão Social para que, todos juntos, todas as forças partidárias possam apresentar uma Moção forte, que abranja todos os problemas da Área Metropolitana de Lisboa, para que a rede hospitalar e a rede de equipamentos de saúde que está referido aqui no final seja, de facto,uma posição forte a ser tomada perante o Governo e perante o País. Muito obrigado.”


Nota: Quando na Assembleia Municipal de segunda-feira referi que o problema de não ter sido votada não foi o facto de a Moção poder baixar à comissão, mas sim o facto de a CDU intransigentemente não ter querido alterar a Moção, estava certo, na medida em que, como bem sabem, os proponentes das Moções podem aceitar alterá-las em sede de Assembleia, o que acontece frequentemente.

Neste caso, a possibilidade de se baixar à Comissão Específica, era apenas para estudar melhor o assunto, mas, se a CDU entendia que a Moção devia ser urgentemente aprovada, então, podia, e devia, ter alterado a Moção com as sugestões de todos os outros grupos metropolitanos.

13 comentários:

Marlene Pires disse...

O Dr. Paulo Silva deve ter um mestrado em demagogia. É incrivel como ele próprio acredita nas mentiras que diz. Os meus parabéns ao Dr. Paulo Edson Cunha por ter desmistificado de uma vez por todas aqui e agora esta situação.

Daniel Geraldes disse...

Contra factos não há argumentos.

Ponto Verde disse...

Aguardo também, de igual forma, uma discussão séria sobre a localização do novo hospital, não aceito como cidadão e contribuinte que , como facto consumado, só se "fale" num Sítio Rede Natura 2000 como local de implantação.

Outro factor a não desconsiderar, num município onde não há médicos de família em número suficiente, é equacionar , realisticamente , o tipo de Hospital , de acordo com o número de técnicos necessários ao seu funcionamento , isto quando se perpectivam carências graves a curto prazo quanto aos quadros médicos disponíveis no país.

Inês disse...

Situações destas têm de vir a público. Finalmente há um lider de oposição atento. Força Dr. paulo Cunha.

Fernando Duarte disse...

Drº Paulo Cunha, o minimo que lhe posso dizer è que V. Excº me desiludiu! Com efeito, pensava que V. Excª era uma pessoa de palavra, e sou obrigado a concluir que tal não e verdade. Assim V. Excª diz uma coisa no Seixal e na Asembleia de Lisboa diz outra! Mas mais grave, é que eu estive na Assembleia Municipal do Seixal e assisti ao triste espectáculo que V. Excª deu. Com efeito e depois do Drº Paulo Silva ter dito que o PSD "não tinha estado em todas" dando como exemplo o seu voto na referida Assembleia Metropolitana, você foi acusar o Drº Paulo Silva de mentiroso, e verifico agora que quem mentiu foi o Drº Paulo Cunha. É que ao contrário do que afirmou na Assembleia Municipal o voto contra do PSD à proposta da CDU sobre o Hospital do Seixal não se deveu ao facto da CDU ter recusado o alargamento a outros 2 Hospitais, como V. Excª referiu na Assemblea Metropolitana, mas sim a que a votação não fosse efectuada e a proposta fosse submetida a comissão, ou seja aquilo que o Drº Paulo Silva afirmou e que V. Excª na Assembleia Municipal disse que era mentira. Dr. Paulo Cunha errar todos erramos, e o senhor errou ao não defender a população que o tinha elegido na Assembleia Metropolitana, mas quereremos esconder os nossos erros chamando mentirosos aos nossos adversários, demonstra falta de caracter e o senhor demonstrou falta de caracter na referida Assembleia. Em função disto, e ao contrário do que era minha intenção, não poderei votar em si nas próximas autárquicas, pelo que irei engrossar as hostes dos abstencionistas.

Rui Duarte disse...

Esou chocado, então para o PSD uma Moção que defende o Hospital do Seixal, é apresenada pelo "Grupo de Amigos da Margem Sul", ou seja os meninos de Cascais não aceitam que a Margem Sul reivindique direitos... Isto é escandaloso, tanto mais quando se sabe que a Margem Sul é descriminada em relação à margem norte em termos de PIDDACC. Mais grave e mais chocante, o Drº Paulo Cunha calou-se perante tamanhas barbaridades. Você não merece ser Presidente da Câmara, pois não defende este concelho.

Maria disse...

Assisti à AM e vi como o Sr. ficou encavacado qd o Dr. Paulo Silva o desmascarou ... quer dizer na AM do Seixal o Sr. vota a favor do Hospital e na Assembleia Metropolitana de Lisboa já não vota a favor? Mas o que é isto?? Quantas caras tem o Sr?!

Anónimo disse...

Parece que os comunas vieram aqui todos em bloco

Anónimo disse...

Diria antes que são os homónimos do Rocambol Teixeira a quem temos que agradecer os momentos mais hilariantes do reino bloguista e por quem o CAPITÃO MERDA (nome de Blogue) tem em conta.

Maria disse...

Sr. Anónimo das 22H54:
Olhe a linguagem, n lhe fica nada bem!!!

Anónimo disse...

... Foi giro ver o sr. "só sorrisos", ficar com "cara de pau", depois da cena do Hospital do Seixal, na última Assembleia Municipal.

"TAREIA" MERECIDA DR. PAULO EDSON!

Olhe sr. dr. o povo não perdoa aos "troca tintas".

Editará este comentário?

Anónimo disse...

A REVOLTA DAS LARANJAS pode ser vista ao vivo no stand que a Junta de Freguesia de Fernão Ferro disponibilizou para o PSD demonstrar as suas propostas eleitorais para o futuro da Freguesia.
Não falte ! Venha ver e ler e ficará deslumbrado ! Nós somos os maiores e vamos ganhar com as nossas propostas a Freguesia de Fernão Ferro. Não esqueça é no stand do lado esquerdo da CDU. Aliás, aquele que é visitado por uma avalanche de moradores todas as noites.
Se é um verdadeiro militante do PSD não perca esta oportunidade de analizar o trabalho que temos realizado ao longo de 16 anos na Freguesia de Fernão Ferro e as nossas propostas para o próximo mandato, ficará deslumbrado.

Anónimo disse...

A REVOLTA DAS LARANJAS pode ser vista ao vivo no stand que a Junta de Freguesia de Fernão Ferro disponibilizou para o PSD demonstrar as suas propostas eleitorais para o futuro da Freguesia.
Não falte ! Venha ver e ler e ficará deslumbrado ! Nós somos os maiores e vamos ganhar com as nossas propostas a Freguesia de Fernão Ferro. Não esqueça é no stand do lado esquerdo da CDU. Aliás, aquele que é visitado por uma avalanche de moradores todas as noites.
Se é um verdadeiro militante do PSD não perca esta oportunidade de analizar o trabalho que temos realizado ao longo de 16 anos na Freguesia de Fernão Ferro e as nossas propostas para o próximo mandato, ficará deslumbrado.