quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Comente para "Comércio.." A ditadura da Maioria é um sintoma de que eles pressentem o fim?

Nota: Durante a manhã desta quarta-feira o blogue esteve inacessível, aparecendo uma página em branco.
Não sei se foi erro do servidor, se foi boicote, no entanto, o problema já foi resolvido. Em bom rigor, nem sei bem como, até porque, fruto de bastantes compromissos, desde as 13h que nem sequer conseguia aceder ao computador, contudo um conjunto de pessoas mandou-me e-mails ou telefonou e sei que houve técnicos a tentarem intervencionarem remotamente.
A todas as pessoas que tentaram ajudar na solução do problema o meu muito obrigado.
Ao Vereador Samuel Cruz (e meu adversário) e à JSD Seixal, o meu muito obrigado por terem permitido alojar nos seus blogues, através de um post específico, este texto, permitindo assim o acesso de terceiros, para efeitos de publicação no jornal.
Aos blogues que publicaram o meu comentário a informar esta situação, agradeço igualmente, entre eles o Seixal Sim, como sabem afecto ao PCP/CDU.
Durante o dia de amanhã ainda poderão comentar para efeitos de publicação no jornal.
Muito obrigado.
_____________________________________________________________________
já aqui o afirmei anteriormente: o PCP/CDU do Seixal tem aumentado o seu despotismo, autoritarismo, intolerância para com as opiniões diversas e até verdadeiro autismo na verdadeira proporção da preocupação que já não consegue esconder.


Explico-me. Embora pessoalmente tenha uma boa relação com os seus responsáveis, as suas atitudes para comigo em particular e, para com o PSD em geral, têm-se deteriorado com o tempo.


Ora, se tivermos em consideração que tudo tenho feito por manter uma boa relação pessoal e institucional com todos os seus responsáveis e, que tenho tentado pautar essa relação pelo respeito institucional que todos me merecem e, sobretudo merecem ao partido que represento, tenho para mim que a causa deste recrudescimento de "pequenos casos" que têm paulatinamente acontecido, só pode ter como causa próxima a preocupação com que a CDU/PCP tem visto a actuação do PSD/Seixal, actualmente representada pela minha candidatura.

Aliás, se dúvidas houvessem, bastava atentar a forma pouco digna como muitos dos seus representantes se dirigem a mim em plena Assembleia Municipal, ou no blogue afecto ao seu partido, onde não me têm poupado "mimos" pouco simpáticos, que não se coadunam com o respeito com que sempre os tenho tratado neste blogue e em todos os fóruns em que intervenho.


Como todos sabem, tenho sido muito crítico em relação a esta gestão Camarária. Diria mesmo que seguramente tenho sido, senão o mais crítico, pelo menos dos mais críticos, no entanto, nunca em momento algum desrespeitei nenhum membro eleito de outro partido, muito menos os nossos representantes. Já o contrário...


Mas, se pessoalmente estou mentalmente preparado para estes ataques (alguns verdadeiramente vis), sabendo que infelizmente são "ossos do ofício", já não posso aceitar que institucionalmente essa falta de respeito seja cometida.


Depois de episódios como a recusa em nos permitirem visitar a Câmara Municipal, os seus serviços e os respectivos vereadores ("era só o que faltava, disse o Sr. Presidente da Câmara Municipal, em plena AM), e de alguns tristes episódios que levaram mesmo o grupo Municipal do PSD a abandonar a AM (devem recordar-se que o PS deu-nos razão), tivemos na última Assembleia Municipal o triste episódio já por mim relatado onde depois de ter sido ofendido na minha honra e dignidade pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal e por um membro da AM, através de considerações menos abonatórias à minha pessoa, solicitei a "defesa da honra", a qual não me foi concedida pelo Sr. Presidente da Assembleia Municipal. Recorri dessa decisão para a própria AM, pedido que inicialmente não me queria ser deferido, mas face á minha insistência e ao escândalo que seria a sua recusa, por absolutamente ilegal, lá condescenderam e permitiram esse recurso, com a votação esperada: a ditadura da maioria não me permitiu utilizar a "defesa da honra". Apetece perguntar: de que têm eles medo? eles não são tantos? o que podia eu fazer contra tantos? apenas defender-me, mas se calhar, a força da razão intimida-os!


Mais grave do que este episódio, foi um que me foi relatado, não só neste blogue, mas também por pessoas presentes, em que na passada sexta-feira, no Clube Torrense, numa sessão de esclarecimento à população, o Sr. Presidente da Câmara não permitiu que o jornal estivesse à disposição da população juntamente com outros panfletos informativos, alegando que não era permitida campanha política. Será verdade? se sim, de que teve medo o Sr. Presidente da Câmara Municipal? Imagino a resposta, mas prefiro não a dar eu próprio, no entanto, talvez se da próxima vez na capa aparecer uma fotografia daquele Sr. que já saiu centenas de vezes no Boletim Municipal, então certamente que esse jornal deixa de ser um veículo de campanha política para passar a ser o mais isento dos jornais locais. Ou estarei enganado?


Como habitualmente pode comentar no Blogue, "Rumo a Bombordo" (Aqui) do Vereador Samuel Cruz e agora também candidato pelo PS à presidência da CMS .

10 comentários:

Seixalense Atento disse...

Já muito se Falou sobre o regime anti-democrático existente na câmara do Seixal, só há uma solução oferece-lhes uma passagem só de ida em Outubro para fora desta terra.

Maria Dias disse...

O despotismo, autoritarismo, intolerância, autismo por parte da CDU, sempre houve e sempre se fez notar, umas vezes mais, outras menos, mas está lá.
É claro que, como em tudo na vida, quando o tapete começa a fugir debaixo dos pés a coisa complica-se.
E tudo o que estava escondido ou disfarçado, acontece-lhe como ao azeite, vem ao de cima.
Este é o maior problema de daqueles que se acham donos e senhores do Concelho do Seixal.
Pessoalmente chamo a isto: mal habituados.
Mas, é bom que ponham as barbas de molho porque o reinado, esse, está a chegar ao fim.

Anónimo disse...

http://grupoflamingo.blogspot.com/

Inês Ezequiel disse...

Dr. Paulo Cunha, em primeiro lugar permita-me que o felicite por tão honrada conduta. O seu percurso politico e a sua postura têm sido exemplares.
O desrespeito e desconsideração são responsabilidade de quem os pratica, bem como a retirada dos direitos dos cidadãos e instituições. Serão responsabilizados por isso e penalizados em Outubro.

Continue o seu arduo, mas excelente trabalho. Vá em frente e vencerá.

Anónimo disse...

É por este tipo de situações que estamos FARTOS deste tipo de pessoas e quiçá partidos (leia-se Comunismo). Porque será que o PC onde entra quase nunca sai, será por ser um partido democrático? Os países que o tiveram sofreram para se livrarem dele! Porque será que concorrem sempre em coligação, foi a APU, agora CDU! Porque não concorrem como PCP? Porque será?

Nas próximas eleições vamos dar-lhes a resposta que merecem!

konami disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Dr. Paulo Edson,

quando vão ser anunciados os candidatos do PSD aos vários orgãos autárquicos?

Obrigada.

C.F

Paulo Edson Cunha disse...

Boa noite.
respondendo ao anónimo que pergunta quando vão ser anunciados os candidatos a cabeça de lista à assembleia de muncipal e assembleias de freguesia posso reafirmar que será em Março.
Já estão todos aprovados pela Comissão Política, vão ser apresentados aos militantes a 2 de março e depois haverá cerimónia pública para apresentar à comunicação social e população.

Tiago disse...

Nos concelhos CDU há despotismo? Essa é boa, daqui a pouco vêm dizer que dão uma ingecção atras da orelha não?

Já vi argumentos absurdos contra a CDU, mas estes são completamente ridículos. É isto a gente séria de hoje em dia?

Dulce Nunes disse...

A democracia constrói-se com a valoração das ideias e o respeito pelo opositor ideológico.
Infelizmente neste Concelho onde alguns gritam bem alto ser o "Concelho de Abril" parece que a liberdade e a democracia é um pouco obscura.
Em democracia espera-se elevação na troca de ideias e não o desespero da ofensa e do ataque pessoal.
Por isso, apelo a todos os intervenientes políticos que respeitem os que os elegeram e possam trabalhar em prol da população e não pela manutenção do poder a qualquer preço.
Infelizmente na Assembleia Municipal já estar a tornar-se hábito aos representantes do PSD não ser permitido rebater ideias, acusações gratuitas, defender a honra - coisa que os eleitos da CDU, para terem mais tempo para falar, passam a vida a pedir - e nesta última chegou-se ao cumulo de não quererem aceitar uma moção só porque ela estava só asssinada por um membro da A.M. e não pelo partido. Desde quando é que um membro eleito não pode apresentar uma moção assinada só por si?
Não é com atitudes destas que calam os eleitos do PSD. Estas atitudes dão-nos mais força para lutar e para elevar as nossas ideias para um Concelho mais eficaz e com menos pompa e circunstância.