segunda-feira, outubro 06, 2008

Q.R.E.N. (TRADUZO: Que Raio Esquecimento o Nosso???)

Esta semana, no n.º 1 do "Notícias do Seixal", novo semanário de distribuição gratuita, projecto a que desejo Boa Sorte.
Q.R.E.N. (TRADUZO: Que Raio Esquecimento o Nosso???)


"Há anos havia um anúncio de uma marca de relógios que dizia: “o tempo é o que dele queremos fazer”. Referia-se naturalmente à relatividade do tempo. 20 segundos num terramoto naturalmente que parecerão os mais horríveis que alguém viva. Os 2 minutos de prolongamento num jogo de futebol são uma eternidade para a equipa que está a ganhar por um golo, mas extremamente escassos para quem está a perder.
Num Tribunal, um segundo é um segundo. Se a secretaria fechou, nada há a fazer (lembro-me que nós advogados, antigamente tínhamos de recorrer aos correios do aeroporto, na altura aberto até à meia noite - hoje em dia apenas nos resta a estação de cabo ruivo), ou o fax.
Claro que hoje temos o fax e a Internet, mas todos sabemos que quando deixamos algo para a última, corremos o risco desses meios telemáticas não corresponderem.
Se estivermos a falar de algo importante, então esse atraso pode fazer-nos perder algo substancial.
Foi o que se passou com a Câmara do Seixal. Atrasou-se em dois minutos. Pode até ter as suas razões, e admitimos que sim. Se nos tivesse logo justificado, naturalmente que estaríamos ao lado da Câmara a tentar a ajudar a encontrar uma solução. Mas eles preferiram o caminho mais difícil. “Não, que não houve atraso. Nós tínhamos tudo controlado para a segunda fase. Ou para a terceira”.
Se não fazia mal perder essa candidatura em Abril, porquê então que não a apresentámos apenas em Setembro ou Outubro?

A Câmara é muito engraçada a argumentar, Em Assembleia Municipal o PSD propôs a criação de uma rede de ciclovias e a disponibilização de bicicletas gratuitamente à população. O Sr. Presidente da Câmara mostrou-se indignado porque lhe estávamos a roubar a ideia por motivos eleitoralistas. Argumenta ele que esta ideia já estava nas GOP´s (Grandes Opções do Plano) deste ano e de anos anteriores.
Ficámos todos a saber: quando a Câmara promete alguma coisa, mesmo que não cumpra (e infelizmente esse é o “Pão nosso de cada dia”) a oposição não pode vir propor, reclamar, nem que seja em sede própria ( na Assembleia Municipal) porque senão é acusada de andar a plagiar as suas ideias. Ele há cada uma!

Se tivermos em conta que a Câmara promete-nos este Mundo e o outro e não cumpre nem metade deste mundo, então ficamos, pelo menos, com uma desculpa para a acusação (injusta, claro) que eles nos fazem de não termos ideias para o Concelho.
Como as podemos ter? eles já prometeram tudo o que havia para prometer!!!
E nós não queremos voltar a ser acusados de ser plagiadores.

Boa sorte para este jornal."

11 comentários:

Ponto Verde disse...

Mas será por bem lembrar ao Sr Presidente que a ordem das propostas não é arbitrária, nem obrigatória.

Ou seja:

a) Primeiro há que criar as ciclovias...e se as consideram relevantes, do que estão à espera?

b) Só depois é que há que criar um sistema de aluguer de bicicletas, que pode até nem se implementado,uma coisa não implica necessáriamente a outra ! Uma bicicleta no Continente pode custar €50 , o que as torna acessíveis...

c)De quem é a ideia, é irrelevante! e nunca exclusivo , quem alinha por essa discussão só pode ter as vistas curtas de 30 anos de miopia politica!

António disse...

Desculpe mas está a ser hipócrita, tende a levar a água para o seu moinho e eu, como eleitor, dúvido que o sr. e a sua equipa fizessem melhor trabalho que a actual administração da CMS!

Anónimo disse...

Drº Paulo Cunha não acha que já é tempo de deixar de mentir aos Seixalenses? Não acha que já é tempo de contar a verdade sobre o QREN? Não acha que já é altura de dizer que o atraso se ficou a dever à morte completamente inesperada, a poucos dias do final do prazo, de uma pessoa que fazia parte do grupo de trabalho que estava a elaborar a candidatura? É que a sua baixa politica que não respeita sequer a morte de um jovem de 33 anos já cheira mal!!!

Anónimo disse...

tÔ tOINO!!!!
Estaremos perante um caso de algum silogismo ilógico?????

-O Sr .Presidente reclama plágio de promessas eleitorais da CDU-Cliclovias, promessas essas feitas em sitemáticos programas e nunca cumpridas.

O nosso "Toino" afirma
"...dúvido que o sr. e a sua equipa fizessem melhor trabalho que a actual administração da CMS!"

Isto é ...a CDU(Administração da CMS) prometeu e nada fez!

pelo que :

A CDU que PROMETE e NÃO FAZ

..por via da duvida é sempre preferível

....A QUEM QUEIRA FAZER!!!!!

Não ...não explique, tá bom ..diálogo, tá!
Mas percebe, por uns temos os factos,
... e pelos ,e pelo senso comum,etc, etc,aos outros aplicar-se-ia o principio do beneficio de dúvida.

Más tá!!..tô TÓtò..só tenho um dedinho de testa...desculpe lá qualquer coisinha!
..Nós os pobres de espirito não conseguimos ir mais longe..
somos o povo..portanto hipócritas.
Se os SENHORES DO PC o dizem , é porque deve ser assim.
Não tenho moinho para onde desviar a água..para isso teria de pertencer aos poderosos.
Bem gostaria de andar de bicicleta numa ciclovia,..
.mas se decidem aplicar os €s dos municipes em estradas para os topo de gama Srs. da maioria comunista ...
As minhas humildes desculpas Sr.Dr.
A sua Benção !
Amem!
A Bem da Nação

Paulo Edson Cunha disse...

Ao Sr(a) Anónimo que diz o seguinte:
"Não acha que já é altura de dizer que o atraso se ficou a dever à morte completamente inesperada, a poucos dias do final do prazo, de uma pessoa que fazia parte do grupo de trabalho que estava a elaborar a candidatura? É que a sua baixa politica que não respeita sequer a morte de um jovem de 33 anos já cheira mal!!!", apenas lhe responderei que por respitar a morte desse funcionário e o natural luto que a sua família está a viver é que nunca sequer a mencionei em qualquer lado.
Até porque o que está em causa é o facto de a Câmra Municipal não ter vindo a público referir esta situação.
Se era tão facilmente justificável (quem aproveitaria o facto de uma candidatura se atrasar por ter falecido um dos funcionários que estava com o projecto, sabendo-se que a sua mulher também fazia parte do mesmo?certamente que ninguém) o atraso, porque não o justificou a Cãmara com esse facto?
Se queriam preservar na esfera do domínio privado esse facto, porque o tornaram público.
Que fique claro, ninguém da oposição mencionou, nem ao de leve, essa situação, até porque a questão era outra, mas já foi tantas vezes questionada, e nunca devidamente respondida que já percebemos. NÃO HÁ UMA RESPOSTA ACEITÁVEL.
Penso que deviam seguir o exedmplo do Sr. Presidente da Câmara Municipal do barreiro que assumiu a responsabilidade política pelo atraso.

Anónimo disse...

Drº Paulo Cunha a resposta foi dada no sitio próprio, a oposição soube as razões do que se passou, mas ignorou as mesmas continuando com as mesmas mentiras... V. Excªs não passam de mentirosos compulsivos...

Anónimo disse...

Nos últimos anos Portugal recebeu mais de 50 mil milhões de euros de fundos comunitários, tendo em conta que o nosso país está na difícil situação em que está, qual será a dimensão da incompetência dos governos de PS e PSD que aplicaram vergonhosamente essas verbas?????
E depois vem os incomopetentes do PS e do PSD questionar a competência dos eleitos do PCP

Rui Belchior disse...

Devo dizer que lamento profundamente a morte de um jovem de 33 anos, e aproveito para endereçar a toda a familia os meus sentidos pêsames, mas lamento também que este trágico acontecimento sirva para agora a CMS e seus apaniguados branquearem uma omissão grave que a todos prejudica, mas ainda lamento mais que se venha a este espaço revestido com a capa do anonimato acusar o Dr Paulo Edson de mentir aos seixalenses, quando a obrigação de tais esclarecimentos era da CMS e de fazer um relato sério dos factos, contando a verdade ás pessoas, sem truques ou esquemas, teriam certamente evitado tanta especulação sobre este assunto, até porque esse era um esclarecimento que seguramente não demoraria mais dos que os já famosos "2 minutos"...mas claro quem não sabe.. fica a saber que tem de adivinhar...

Rui Belchior

Pedro Rodrigues disse...

Quando não se tem estratégia politica, quando não se tem ideias, quando não se sabe gerir, apenas resta, de forma insustentada, dizer mal, denegrir a imagem do líder da oposição. Só pode ser o desgaste, o desespero, o pânico do poder politico local, a falar.

Anónimo disse...

"Quando não se tem estratégia politica, quando não se tem ideias, quando não se sabe gerir, apenas resta, de forma insustentada, dizer mal, denegrir a imagem do líder da oposição. Só pode ser o desgaste, o desespero, o pânico do poder politico local, a falar."
Que eu tenha visto denegrir e dizer mal tem sido a estratégia deste senhor Paulo

Davide Ferreira disse...

Sou obrigado a concordar com este artigo, tal como já fiz anteriormente sobre esta tema. Era da responsabilidade da CMS ter a candidatura preparada à tempo e horas.
E possivelmente com prioridade sobre outras tarefas da CMS porquê estavam em causa milhões de euros.

Passo a explicar e penso que qualquer pessoa de senso comum consegue seguir o raciocinio...

Quando maior o valor(em abstrato) duma acção, maior a sua importancia. Se eu gastar 1€ numa compra qualquer mal informada, podia-se registar como -1€, se eu deixar de por os papéis para uma bolsa de estudo de 100 euros, o valor do meu esquecimento é de -100€

Como não se pode deixar de compreender o não apresentar a candidatura pode ter tido um valor de -3.000.000€, ninguem pode aceitar que tal valor se perca por a CMS ter deixado tudo para a ultima da hora!

Podem agora vir arranjar todas as desculpas do mundo... mas não me convencem.