quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Ética na política. Isso existe? - comente para o "Comércio..."

Começo esta crónica em claro flash-back, dando desde logo a resposta final. Sim. Claro que existe.

Devemos é ter em consideração que em política as regras são outras.

Um amigo no outro dia dizia-me que não poderia apoiar o Dr. Paulo Rangel por duas ordens de ideias: uma porque ele se candidatou ao Parlamento Europeu e prometeu cumprir o mandato até ao fim e, outra porque alegadamente o mesmo traíu o seu amigo Dr. Aguiar Branco com quem tinha assumido a sua palavra de que lhe dava apoio e não se candidatava.

Se em relação à primeira questão me parece pacifico que o Dr. Paulo Rangel queria efectivamente cumprir o seu mandato até ao final, mas alterações supervenientes das circuntâncias (e não é por acaso que estas alterações estão previstas incluindo na lei civil) o levaram a reconsiderar.

 E que condições são essas?

Ora, o País não vive o mesmo estado em que vivia em Setembro de 2009. Entretanto a crise económica quase atirou Portugal para a bancarota internacional, associado com o clima de crescente instabilidade política derivada dos problemas criados pelas trapalhadas do Sr. Primeiro-Ministro,  obrigam a que quem tem responsabilidade e peso político assuma o seu dever cívico de se assumir como alternativa, com um projecto para o País.

Imaginemos que a coberto do seu compromisso em Bruxelas, Paulo Rangel não se assumisse como candidato, como efectivamente sucedeu. Nesse caso caíria o "carmo e a trindade" porque ele denunciava a situação, tinha, como poucos no País, meios e credibilidade para se assumir como alternativa e não tinha tido coragem de o fazer.

Fê-lo e fez muito bem!

Já no que concerne à segunda questão, a verdade é que apenas dos  seus protagonistas é que a verdade é conhecida. Eles lá saberão o que prometeram um ao outro e a verdade é que o Dr. Aguiar Branco apesar de se mostrar agastado com a decisão do seu companheiro Paulo Rangel, nunca disse que foi traído. Claro que para ele era mais confortável que o Dr. Paulo Rangel não se candidatasse, pois assim aquela parte do eleitorado dentro do PSD que supostamente ele representa, não seria teoricamente dividida com aquele e poderia competir com o Dr. Pedro Passos Coelho (favorito) em circuntâncias mais equilibradas.

Quanto à política local, na passada reunião da Câmara Municipal o tema forte do Período de Antes da Ordem do Dia foi o da criança de 4 anos que  morreu ao cair numa tampa de esgoto indevidamenteOra, como se sabe a Câmara recusa-se a assumir qualquer responsabilidade levando o assunto até às últimas consequências judiciais.




Segundo consta, e foi invocado pelo Sr. Vereador do PS, Dr. Samuel Cruz, que "No anterior mandato todos os Vereadores se manifestaram pelo pagamento da indemnização decidida pelo Tribunal do Seixal (250.000€) mas os Advogados da Autarquia mantiveram o recurso"
Ele vai mais longe e, nos seu blogue deixa estas duas  questões:


1. Somos ou não pessoas de bem que honramos a nossa palavra?

2. Quem manda na Câmara, o executivo ou os advogados?
 
Da minha parte, pugno pelo que sempre pugnei, quer enquanto cidadão, quer enquanto advogado (mas com conhecimento do processo apenas do que sai nos jornais), quer enquanto Presidente da Comissão Política da Secção do PSD (na altura), quer agora como Vereador, ou seja, nunca instrumentalizar este caso para fins políticos, embora pessoalmente sempre tenha entendido que se mandasse teria assumido as responsabilidades perante a família e colocaria termo ao processo judicial.
 
A opinião é pessoal e não institucional e, muito menos vincula actualmente o PSD, mas entendo que há um instituto jurídico, protegido pela lei, mas também pela moral e bons costumes que é o "Bom nome".
 
Ora o nosso "Bom Nome" é previsto e salvaguardado na lei, mas mais do que isso, é salvaguardado na mente de cada um e no imaginário colectivo e, mesmo ganhando-se uma sentença em tribunal (trânsitada em julgado), provando a nossa razão jurídica, se o nosso "Bom Nome" estiver afectado os custos a pagar serão concerteza superiores aos de qualquer sentença.
 
E uma Pessoa Colectiva, como uma Câmara Municipal, também é abrangida por este conceito e, ou tem, ou não tem. Não o consegue nem por sentença, nem por decreto. É tudo uma questão de opção...

7 comentários:

Anónimo disse...

Concordo claramente consigo Dr. Paulo Edson.

A CMS já gastou mais em honorários com os advogados deste processo do que teria gasto com o pagamento da indemnização à família da vitima.

Lamentável atitude que só revela a inaptidão daqueles que nos governam.

M. disse...

126 mil euros do orçamento da câmara para um tapete de Cargaleiro para as novas instalações da câmara municipal.
(ACÇOES INSTITUCIONAIS E MODERNIZAÇAO - INSTALAÇÕES MUNICIPAIS - Aquisição de Bens moveis: tapeçaria de mestre cargaleiro para o novo edificio municipal - 126.000)

Milhares de euros para um boletim quinzenal onde apenas aparecem as fotos de Alfredo Monteiro e amigos.

Milhares de euros para uma advogada contratada/avençada, que trabalha fins-de-semana e feriados, Natal e Ano Novo incluído.

Milhares de euros para campanhas pelo Hospital do Seixal e propagandas diversas.

Mas não há dinheiro para pagar uma indemnização aos pais...

E dizem-se estes sujeitinhos comunistas!!

Manuel do Ó disse...

Esta câmara, ou melhor o executivo desta câmara, não tem vergonha nem pudor.
Quando se aproveita da questão do hospital para fazer política, aparecem tão preocupados com os doentes deste concelho, mas aqui neste caso em particular esquecem-se ou melhor querem se esquecer da dor daqueles pais.
Como já foi referido, e bem, nos comentários anteriores, qual a desculpa desta câmara ou de quem a governa, para não pagar o que tinha sido anteriormente pré definido.
Isto é um massacre aos familiares o reavivar constantemente do trágico acidente, é claro que todos mais informados sabemos, os peritos que são os comunistas em massacres.
Mas só os mais distraídos podem ficar surpresos, quando uma câmara deixa as crianças deste concelho passar frio durante treze anos, pela não substituição de um simples quadro eléctrico numa escola, é capaz de tudo.
Mas de realçar outro pormenor não menos importante, qual o verdadeiro papel da advogada da câmara municipal? Convém não esquecer, que a mesma, andou anos a fio a receber ilicitamente honorários (horas extraordinárias) da câmara, será que não é esta senhora que impôs ao executivo recorrerem, para assim, delapidar mais uns milhares de euros do erário público?
Diz quem a conhece bem, que esta senhora é bem capaz de exigir este recurso.

Hugo disse...

Caros leitores ainda não perceberam que o Manuel do Ó é o Samuel Cruz que anda com raiva por não ter uma avença com a CMS.
É preciso desmascarar estas intervenções reacionárioas e não fumentar intevernções desta genese.
O Paulo Cunha também é cumplice e instigador por também querer mitigar alguns euros á conta do hierário publico isto é á conta dos PORTUGUESES.

M. disse...

Já o disse antes, e repito, ainda bem que já foi aprovado o casamento gay, com tantos travestis que por aí pululam.
Veja-se o caso deste Hugo, que se diz quem não é, mais uma personagem destes Afonsos, Teixeiras, Risadinhas e afins.

Doutor Paulo Cunha, aconselho-o a fornecer alguns medicamentos para a esquiziofrenia quando estiver na cãmara, porque terá a certeza de que estes serão entregues pelos patrões a quem de direito... e mais não digo.

Conde Distrikt disse...

Paulo, é proibido ficar com as anedotas, os outros também querem rir.
------------------------------------------------------------
Diz a mãe à filha:
Minha filha ...as vizinhas andam a dizer que andas a deitar-te com o teu noivo!
'Ai, mamã, esta gente é muito maldizente ... A gente deita-se com um qualquer e dizem logo que é noivo ..
------------------------------------------------------------
María, o teu marido vai atirar-se da janela!
Diz ao tarado que eu só lhe puz os cornos e não as asas
-----------------------------------
Carmen, estás doente?... Pergunto-te isto porque hoje de manhã vi um médico sair da tua casa!!
Olha, minha amiga, ontem de manhã vi um militar sair da tua casa e não é por isso que estás em guerra, pois não?
-----------------------------------
Diga-me uma coisa: Qual é o motivo por que quer divorciar-se do seu marido?
O meu marido trata-me como se eu fosse um cão.
Maltrata-a, bate-lhe?
Não, ele quer que eu lhe seja fiel ...
---------------------------------------------
A meio de um assalto um ladrão grita para o outro.
Vem aí a policia!
E agora o que fazemos?
Saltamos pela janela!
Mas estamos no 13º andar!
Este não é o momento para superstições!
---------------------------------------------
Numa festa um empregado aproxima-se e oferece mais whisky a uma rapariga.
Madame, aceita outro copo?
Não, muito obrigada, faz-me mal às pernas.
Adormecem?
Não. abrem-se!
---------------------------------------------------
Uma jovem rebelde e muito liberal entra num bar, Completamente nua. Pára em frente do barman e diz
Dê-me uma cerveja bem gelada!
O barman fica a olhar para ela sem se mexer.
O que é que se passa? -diz ela- Nunca viu uma mulher nua???
Sim muitas vezes!
E então, está a olhar para onde???
Quero ver de onde é que vai tirar o dinheiro para pagar a cerveja!
---------------------------------------------------
Um passageiro toca no ombro de um taxista para lhe fazer uma pergunta.
O taxista grita, perde o controlo do carro, quáse choca com um camião, sobe o passeio e entra por uma montra dentro partindo o vidro em pedaços.
Por um momento não se ouve nada dentro do táxi até que finalmente o taxista diz:
Olhe amigo, não volte a fazer isso nunca mais! Quáse que me matou com o susto!
O passageiro pede desculpa e diz.
Nunca pensei que fosse assustar-se tanto só porque lhe toquei no ombro'
Responde o taxista.
O que se passa é que hoje é o meu primeiro dia de trabalho como taxista,
E o que é que fazia antes?
Fui condutor de uma carrêta funerária durante 25 anos.
----------------------------------------------------
O noivo diz à noiva na noite de núpcias, meu amor, mas afinal tu não és virgem!!
E ela responde, nem tu és o São José e nem viemos armar um presépio. Certo, amor?
---------------------------------------------------
Lobo, porque tens a cara tão transpirada, os olhos tão congestionados e esses dentes tão fechados?
Pôrra, Capuchinho, deixa-me cagar tranquilamente, está bem!?
--------------------------------------------------
Proibido ficar com as anedotas, os outros também querem rir.

Hugo disse...

Caro Dr. Edson.
Agaradecia que o senhor eclarecesse de uma vez por todas a situação escura de se andarem a fazer passar pela minha pessoa.
Agradecia uma clarificação e isso é o minimo que posso pedir a uma pessoa idónea como o senhor.
Obrigado