quinta-feira, setembro 25, 2008

Intervenção na Assembleia Municipal Extraordinária

Conforme é habitual, deixo-vos a minha intervenção na Assembleia Municipal Extraordinária desta noite, para conhecimento geral:


Apresento os meus respeitosos cumprimentos
Sr. Presidente da Mesa e restantes membros da mesa;
Ao Sr. Presidente da Câmara Municipal, Srs Vereadores,
Srs Deputados Municipais;
Demais Presentes;

Esta noite vive-se um momento ímpar na democracia do seixal.

Pela primeira vez, todos os partidos da oposição, conjuntamente exercem os poderes para que foram mandatados, através da realização da presente assembleia municipal.

E fazem-no com a firme convicção de que este fórum, a AM, tem toda a legitimidade legal e regulamentar de exigir do poder executivo explicações.

Há um facto, até agora indesmentível: Esta Câmara preparou-se para apresentar uma candidatura ao Programa Operacional da Região de Lisboa – Política de Cidades – Parcerias para a Regeneração Urbana – Bairros Críticos, no âmbito do QREN e essa candidatura não foi considerada sequer, por ter entrado fora do prazo.

Estarmos a falar de 2 minutos, duas horas ou dois dias é absolutamente irrelevante na medida em que o prazo não foi cumprido. E por isso não pôde ser considerado!

Que exemplo dá aos seus munícipes uma autarquia que não cumpre os seus próprios prazos?

Que exemplo dá um órgão público, que não cumpre os seus prazos e depois vai pedir uma prorrogação de um prazo previamente fixado? Com que moral de hoje para amanhã cobra juros, contra-ordenações e coimas ou multas aos seus munícipes ou empresas incumpridoras?

Qual a mensagem que passamos aos cidadãos quando num quadro de graves dificuldades económicas, como as que o País, as autarquias, as famílias e as empresas vivem, nos damos ao luxo de perder o acesso a um máximo do financiamento possível de 3,5 milhões de euros e de uma forma, que apelidamos de leviana, ao dizemos simplesmente que nos candidatamos a uma segunda fase. Como se não importasse…

Mais, posso informar que neste momento as únicas candidaturas a concurso são as candidaturas no âmbito da requalificação da rede escolar do 1.º ciclo do ensino básico e da educação pré-escolar, candidatura que foi agora reaberta e Programas Estratégicos das Redes Urbanas para a Competitividade e Inovação.
Todos os outros se encontram encerrados.

Pior, o executivo falta à verdade quando diz que sempre esteve prevista uma segunda fase. A responsável pelas candidaturas quando inquirida e o próprio sítio do QREN dão esta candidatura como ENCERRADA a 30 de Abril.

Não dizemos que o Governo não possa ser sensível a abrir uma segunda fase, na medida em que o que está em causa é o bem do país, o aproveitamento máximo dos fundos comunitários por parte do nosso país, mas isso é uma questão. E estamos dispostos a juntarmo-nos ao executivo e fazermos pressão nesse sentido. A outra, bem diferente, é dizer-se que sempre esteve prevista uma segunda fase quando isso não estava previsto no regulamento.

Aliás, o executivo da Câmara comporta-se como o mau aluno, o cábula, que quando é confrontado pelos pais com o chumbo, que aliás escondeu, diz-lhe que não chumbou. Apenas adiou o teste para a segunda fase de exames. Mesmo que ainda não seja garantido que essa fase que vá existir.

Mas se assim é, Sr. Presidente, V. Exa. tem dito repetidamente na comunicação social que a segunda fase vai decorrer em Setembro. Hoje, dia 24 de Setembro, portanto a 6 dias do final do mês, pode dar-nos a boa nova e dizer-nos que a segunda fase já reabriu? Ou V. Exa. apenas gostaria que assim fosse, transformando um desejo num facto?

Por outro lado, Sr. presidente, Srs vogais da A.M., pergunto:
É assim tão indiferente para esta Câmara apresentar uma candidatura em 30 de Abril ou em 30 de Setembro?
Não há planificação nesta Câmara?
Quanto tempo perderam estes funcionários com esta candidatura? Quantos foram? Quanto custou?

Quanto tempo vão voltar a perder com a tal segunda fase?
Isso não se contabiliza?

Não queremos ser mesquinhos na argumentação, mas as respostas encontradas pelo Sr. presidente da Câmara para justificar o injustificável, levam-nos a colocar estas questões:

Porque não assume, Sr. presidente? Era tudo muito mais fácil e, se calhar, hoje não precisávamos de estar aqui.

“Errar é humano” e nós, se calhar até teríamos mais compreensão pela vossa falha.
Se calhar não teríamos denunciado tanto , e tão alto.
Mas V. Exa. nunca admite qualquer erro, mesmo quando esse erro nos entra pelos olhos a dentro.

Sabe como tomámos conhecimento?

Sr. Presidente, agradeça ao seu amigo e colega de funções e de partido, o Sr. presidente da C.M. Barreiro, por ter referido que o seu Concelho perdeu o acesso à candidatura por um atraso de 12 minutos, mas que o Seixal havia perdido uma por apenas 2 minutos, perdendo assim a oportunidade de se candidatar ao programa comunitário Q.R.E.N., que previa requalificar um conjunto de lugares críticos, entre eles, o Bairro Quinta do Cabral, e a instalação de alguns equipamentos sociais e desportivos no Concelho do Seixal, investimento global de 6M€. Com amigos assim…

Não fora essa situação e, provavelmente a versão oficial do executivo camarário era simplesmente que nos íamos candidatar a uma segunda fase, relativamente ao projecto, ignorando a sua falha.

Sabe o que disse à comunicação social o Sr. Vice-Presidente, Sr. Joaquim Santos, quando foi confrontado com este atraso? Passo a citar: “Vamos agora aproveitar este tempo para melhorar a nossa candidatura e estarmos atentos a futuros programas. Não podemos correr mais riscos”.
Em que ficamos?

Vamos estar atentos a futuros programas ou vamos estar atentos à segunda fase deste programa?

Por fim, gostaríamos de ser esclarecidos sobre quem detinha politicamente este dossier?

O Sr. Presidente?
O Sr. Vereador Joaquim Santos?
Este último actuou como presidente em regime de substituição?

Uma última nota para dizermos que vamos votar absoluta e convictamente contra, o documento apresentado pela CDU.

A verdade é que esta assembleia se destina a apurar responsabilidades sobre esta situação concreta e não sobre qualquer outra actuação do executivo.

Este executivo viu aprovados 4 projectos no âmbito do QREN?

Então parabéns. Não fez mais do que a sua obrigação.

Relembramos que o QREN é a última oportunidade que a União Europeia nos dá para nos aproximarmos dos seus padrões de excelência.

É a última possibilidade de aproveitar as oportunidades para promovermos a transformação da nossa economia numa economia mais competitiva e moderna. Esse é o desígnio final do QREN que os Portugueses saberão compreender e nele terão de participar activamente.

O que se pede é que não o desperdicemos com candidaturas apresentadas em cima do joelho, com os resultados que sabemos.

A agir assim, com moções destas numa sessão em que se exigem respostas, a CDU está a prestar um mau serviço à democracia.
A CDU está a prestar um mau serviço ao concelho do Seixal.

A CDU como partido integrante desta Assembleia, antes mesmo de felicitar o executivo seja pelo motivo que for, deve olhar para as suas atribuições e funções e lembrar-se que é um órgão fiscalizador do poder executivo.

Não precisa de vir com moções de claro branqueamento da situação, abdicando totalmente do seu papel legalmente estabelecido.

Se se contentam com meia dúzia de respostas dadas aos jornalistas, queremos dizer, muito convictamente que nós NÃO.

Nós queremos explicações!!!

Para finalizar, deve referir-se que a proposta da CDU de mandar a sua Moção para todos os órgãos de comunicação, na forma de publicidade paga, é uma proposta inqualificável.

Não vos chega o Boletim municipal, pago por todos nós, mas usado unicamente para sua propaganda?

Cremos mesmo que atingimos o nível mais baixo na forma de fazer política.

Numa Assembleia onde se deve discutir de forma séria a incontestada perda de acesso a um financiamento por a Câmara Municipal ter ultrapassado o prazo estabelecido, querer transformar-se essa perda, num comunicado a elogiar a Câmara por, conjuntamente com centenas de outras por esse País fora, ter visto aprovado quatro projectos, é não ter noção das coisas!

É não ter noção de como se deve gastar o dinheiro dos contribuintes.

Nós não vamos por aí.

Muito Obrigado.

24 comentários:

Jorge Pieta disse...

Excelente.
Como é óbvio a mentira mais cedo ou mais tarde é detectada. Por mim não tenho dúvidas que este executivo camarário vive num mundo de falsidades e mentiras e pensa que continua a enganar o "Zé Povinho".

Filipe de Arede Nunes disse...

Com a devida vénia, farei a publicação desto texto desta intervenção no blog da JSD Seixal.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Ponto Verde disse...

Aquele senhor que às vezes vai aos "prós e contras" estava com uma azia digna de Judas!

E não há Silva nem Jaquinzinho que a faça passar talvez uma ida às caraíbas pra mergulhar nos Corálios traga uma inspiração ambiental segundo Mateus e melhore o ambiente...

Já agora aproveite e no free-shop compre um relógio novo e adiante-o pelo menos... dois minutos...

Saudações democráticas!

Anónimo disse...

Boa intervenção.... e corrige a palavra intervenção... que no título tiveste um lapso.

Anónimo disse...

Quanto a partidos da oposição? Há apenas um partido da oposição que é o BE, o resto faz parte do executivo... vamos ver se passamos efectivamente a oposição qd o senhor doutor for eleito vereador.. e não aceitar qq pelouro para poder ser em sentido literal oposição.

Ana disse...

Parabéns, foi ao cerne da questão, será possível saber qual a reacção? Se é que houve, a mim parece-me que mais uma vez a atitude tipo avestruz terá levado a melhor.
O que importa é continuar alerta e denunciar tudo o que houver a denunciar, passo a redundância. Deus não incarnou na CDU/PCP, todos somos humanos e susceptíveis de errar, é certo que uns são mais humanos do que outros e por isso erram mais, especialmente quando estão de tal modo empedernidos no lugar que pensam que nada os pode mover de láCumprimentos

Paulo Edson Cunha disse...

Boa noite,

começo por responder à Ana:
Obrigado pelas suas palavras.
Já referi no A-Sul, no entanto copio para aqui parte da resposta do executivo:
"Quanto à Assembleia Municipal de ontem, também aí mantenho a convicção que a minha intervênção, tendo sido escrita ontem, a semana passada, ou para a semana, manterá toda a actualidade.

Uma única satisfação: no meio daquilo tudo o Sr. Presidente da Câmara lá assumiu, meio envergonhado que, sim, os membros da Assembleia Municipal deveriam ter sido avisados do atraso na candidatura.

O curioso é que não o fomos, o que é estranho, atendendo aos quilos de papel que nos dão sobre a actividade da Câmara.

Mas, curiosamente, mesmo assumindo que não nos prestou essa informação, não se coibiu de nos ter acusado de não termos questionado o executivo sobre o atraso.

Questionar como? só se fossemos "zandingas".

Sendo verdade que antevemos muitas das desgraças que o executivo comete, certamente que "Zandingas" não somos..."

O resto foram as desculpas habituais e o fugir constante das questões. Poucas foram respondidas.

Ao anónimo que refere que só o B.E. é que é da oposição, percebo o que quer dizer. Certamente que o Sr. esteve lá ontem, pois foi discutido o estatudo da oposição por parte do B.E., contudo deixe-me explicar-lhe que, face à lei, esse estatuto decorre do facto de o B.E. ter eleitos na A.M. e não ter vereadores, e não, como erradamente se pode inferir do nome, do facto de os vereadores terem, ou não, pelouro.
Quanto a mim, tenho lido muitos comentários a falarem como se eu fosse candidato a alguma coisa.
Notem bem, não me candidatei a nada. Aliás tenho o blogue há mais de um ano. Escrevo para os jornais desde 2003, portanto, ao contrário do que o próprio Presidente da Câmara referiu, não estou em campanha. Estou simplesmente a exercer o meu papel de membro da Assembleia Municipal e de Presidente local de um partido da oposição, o melhor que sei.

Ao anónimo que me corrigiu o erro, o meu muito obrigado. Meu caro, depois de 4 horas de assembleia,nem o corrector ortográfico nos safa.

Ao dr. Filipe Arede Nunes o meu obrigado pelas suas palavras no post da JSD. Aliás, a JSD tem acompanhado com muito afinco esta problemática. É bom poder contar com vocês nesta caminhada...

Jorge Pietá, agradeço-lhe as suas palavras.

Anónimo disse...

Não estive presente mas reafirmo, e ao contrário do que o senhor diz, que apenas o BE tem estatuto de oposição decorre do facto de não fazer parte do executivo camarário... ou seja, podia ter vereadores, mas sem pelouro... faria apenas parte das reuniões de Câmara....
Com vereadores sem pelouro ter-se -ia estatuto de oposição.

Jorge Pieta disse...

E para terminar em beleza, eis que surge o Boletim Municipal com um suplemento. A máquina de propaganda comunista em todo o seu explendor!

Anónimo disse...

Uma intervenção de um homem só! Numa bancada do PSD com 6 eleitos, o Paulo Cunha esteve sozinho, tendo apenas a Drª Clara Carneiro intervido no final da Assembleia e numa intervenção em que demonstrou que se demarcava da intervenção do Paulo Cunha.
Significativo foi o silêncio do Luis Rodrigues durante toda a Assembleia, demonstrando que nesta baixa politica desenvolvida pelo paulo Cunha o resto da bancada do PSD não se revê!

Anónimo disse...

Acontece a quem tenta por-se em picos dos pés...

Anónimo disse...

Estive na Assembleia e foi triste ver que, num debate com aquela importância, havia dois PSD's. o do Paulo Cunha, sozinho a intervir, e o resto da bancada, calados como se nada fosse com eles, e que no final, face ao descalabro da intervenção do Paulo Cunha, pediu a palavra, tendo a Drª Clara Carneiro feito uma intervenção a demarcar-se da intervenção do Paulo Cunha e a dizer que reconhecia que o PCP, em muitas áreas estava a realizar um grande trabalho no Seixal.
Aliás esta divisão de dois PSD´s notou-se igualmente na relação de do Paulo Cunha com os vereadores do PSD, tendo inclusive o vereador Seabra confirmado que o vereador Manuel Pires, ausente da reunião, tinha confirmado que o Alfredo Monteiro tinha em reunião de câmara informado os restantes vereadores da recusa da candidatura por dois minutos... O que demonstra que o Paulo Cunha tinha mentido na sua intervenção...

Anónimo disse...

Já agora Drº Paulo Cunha, o que aconteceu à proposta de constituição da comissão de inquérito que V. Excª prometeu a população do Seixal que iria apresentar? Esqueceu-se... É verdade que deixou passar o prazo??? Ou pelo contrário a sua politica faz-se nos jornais e entre aquilo que anuncia que vai fazer e aquilo que faz vai uma grande distância???

Anónimo disse...

Gostaria muito de ver explicada a posição do senhor deputado luis rodrigues relativamente ao tema que esteve em discussão na Assembleia Municipal, isto no caso do sr. deputado o pretender fazer. Seria útil para esclarecer até porque não acredito no que escreveu um anónimo que luis rodrigues não se revê na posição assumida pelo Dr. Paulo Edson.
De qualquer forma a população está muito agradada com o trabalho do Dr. Paulo Edson e já o vem manifestando.

Paulo Edson Cunha disse...

Boa noite,

em relação aos comentários anteriores várias notas me merecem.

Seria curioso, e talvez até disfarçassem mais, se os comentadores anteriores não viessem transmitir "ipsis verbis" o mesmo que um deputado municipal da CDU me disse logo no final da Assembleia.

Ou seja, a sua leitura da Assembleia, no meio do seu delirio, nervosismo, ou pura má-fé, transformou uma posição de uma bancada unida, que votou em bloco, que preparou a assembleia (e a própria intervenção que aqui leram) em conjunto, com uma suposta desunião.

Por exemplo, o deputado municipal Paulo Silva numa das suas interveções na AM, conseguiu transformar a pura ironia da Dra. Clara Carneiro que disse que não poderia elogiar mais a CDU porque a bancada da CDU o fazia em exclusivo e despropositadamente e, mesmo que o quisesse fazer, não nos costumam dar tempo (lembram-se da história do tempo?) para o fazer (consegue perceber a ironia, ou quer que lhe faça um desenho).

Ora, isto é o cúmulo da desonestidade política, para ser simpático. O cumulo da má-fé, ou então da pura burrice.

Claro que a Dra. Clara Carneiro, num tom mais sério, igualmente expressou que o PSD também elogia o que de bom a CDU vai fazendo no executivo, aliás, uma frase que eu próprio já dise, quer aqui neste blogue, quer na Assembleia.

Meus caros amigos da CDU, bem sei que esta história dos blogues e dos jornais vos anda a atormentar a mente, mas não se preocupem assim tanto. Vou-vos excplicar:
só passam por aqui cerca de 100 pessoas por dia, muitas delas residentes, incluindo vocês próprios (penso mesmo que vocês devem ter este blogue online...lol), portanto em mais de cem mil eleitores, pouca gente vai ler aqui o que denuncio, por isso apelo-vos, mantenham a elevação, não usem estes truques baixos.

A posição do deputado Luís Rodrigues? é totalmente solidaria. Ele não votou connosco? sosseguem que o PSd está mais forte e unido do que nunca. Tanto a JSD, como a CPS, como os membros da AM, como ainda os Srs. Vereadores, todos nós estamos solidários e com um objectivo comum: GANHAR A CÂMARA.

E isso é que vos está a assutar.

Por isso o Sr. presidente da Câmara diz que estamos em campanha. Em campanha? por exercermos os nossos direitos?
Engraçado...

Por fim, apenas mais um recado para os, ou o Sr. da CDu, que eu até sei quem é: a diferença entre nós é muito simples. Dou a cara, morada, digo quem sou e ao que vou, escrevo o que digo na Assembleia e não tenho medo de sufragar perante os eleitores. Pelo contrário, tenho muito orgulho do que aqui está escrito e que li na Assembleia.
O meu caro amigo, esconde-se no manto cobarde do anonimato, não sufraga à população o que diz (terá vergonha???). Não me admira esse procedimento, pois se eu fosse defender o que V. exa. foi defender, teria tanta vergonha de trair o voto de quem em mim confiou que nem no mais cobarde anonimato, teria coragem de exprimir os meus sentimentos.



Noutro ambito uma nota para o anónimo que deixou um comentário sobre uma pessoa do PS, dirigente de uma associação: pela segunda vez não permitirei a publicação de um comentário, pois, ao contrário do Pinhal do General que independentemente da sua associação, é um problema claramente do interesse publico, a situação que me denunciou (difamou) é um assunto privado, que, se V. Exa. tem razão, deve denunciar às autoridades e não via este blogue.

Anónimo disse...

Não há dúvidas que o Paulo Cunha está a entrar em desespero... Ele é notório neste comentário!!!

António disse...

Claro que o Dr. Paulo Cunha anda a incomodar muita gente.Não estavam habituados a uma oposição tão intensiva, tão forte, pois é, mas com o Dr. paulo Cunha é assim, só quem não o conhece pensa o contrário. Homem trabalhador, sério, com grande capacidade critica e de iniciativa, sempre preocupado com a causa comum, mas não esperem que se cale.
Parece que o facto de o PSD ter uma posição concertada inclusuvé com a JSD também está a afectar muita gente . Acho perfeitamente normal que o presidente fale em nome do partido.
Bom trabalho.
António

Uther II disse...

Ora Viva,

Como os comentários estão a ser desviados do tema que devia ser inicialmente abordado, também aqui deixo o meu contributo cultural.

Se puderem, acedam ao seguinte link:

http://www.youtube.com/watch?v=frMMeYTtHT4

A banda é Iron Maiden que já em 1984 passaram pelo mesmo problema que a CM do Seixal...

Deixaram o seu tributo na música 2 do Álbum Powerlave. Deixo-vos então com
2 Minutes to Midnight

Abraços,
Uther2

Anónimo disse...

Foi a sua intervençao ou a do PSD ?!

Anónimo disse...

Assembleia de Secção do PSD/Seixal marcada para a próxima sexta-feira, pelas 21h na sede da Secção, conforme convocatória publixada no órgão oficial do partido.

Anónimo disse...

O esclarecimento que faltava, e que prova que os comunistas querem é vir aqui fazer contra-informação (retirado ontem do blogue da JSD, pois a mesma não estava a conseguir aceder a este blogue)


Clara Carneiro disse...
É pena que, nesta época de democracia já tão consolidada, ainda haja quem intervenha em blogs com o nome de "anónimo"...mas assim é, infelizmente.
Só por total distracção, por ausência de discernimento ou por prazer de deturpação, se pode (mesmo que seja um anónimo a dizê-lo!) afirmar que a minha intervenção na última Assembleia Municipal teve a leitura e o sentido que o "anónimo" aqui expressa...quem lá esteve e tem qualidade interpretativa e fala portugês pode testemunhá-lo.
Eu não costumo perder tempo com "anomimatos" mas, por respeito a quem escreve neste blog e tem nome...aqui vai esta excepção.
Bom fim de semana para os felizardos que têm nome...e, já agora, também, porque não desejar um bom "week-end" ao "anónimo", assim em inglês ele deve perceber... porque português já se viu que pouco perceberá!
Clara Carneiro

Sábado, Setembro 27, 2008 7:33:00 PM

Olga Silva disse...

É lamentável a CDU/PCP em situação de desespero chamar mentiroso ao PSD... porque quem está a mentir à população a ao órgão fiscalizador do executivo é a CM Seixal com a conivência dos membros eleitos da CDU/PCP para a Assembleia Municipal.
Para quem esteve na Assembleia Municipal Extraordinária sabe que a contra-informação tentada pela CDU/PCP não é verdade, nomeadamente a questão de o PS e PSD terem saído de lá tosquiados!!! Quem saiu tosquiado foi o Executivo Camarário!!! Toda a oposição fez o seu papel e puxou as orelhas e muito bem ao Executivo!!!
Foi também notória, para quem esteve presente, a tentativa de articulação entre o executivo e alguns membros da AM... mas foi completamente furada... e os argumentos apresentados por mais sentimentalista, não colaram... não haverá ainda outra justificação???
Quanto à abordagem feita sobre a divisão da bancada do PSD é completamente falsa, quem esteve presente sabe! Para quem não sabe, fica aqui mais um testemunho a invalidar a contra-informação apresentada em vários comentários anónimos.
Quanto aos anónimos que fazem contra-informação só tenho um recado a dar: Se querem fazer POLITICA SÉRIA, não se escondam atrás de anonimatos e dêem a cara!!! Porque este tipo de atitude é de quem NÃO FAZ Política Séria e de quem não diz a verdade!!!
Por mais mentiras ou contra-informação que possam dizer, a verdade vem sempre à superfície!!! E quanto mais nervosos e incomodados melhor, significa que o PSD está a trabalhar bem e em nome da população!...
Quanto a ti, Paulo, também tenho umas palavras a dizer: Continua a fazer o Excelente trabalho que tens feito até agora!!!!

Anónimo disse...

O Lessing era um poeta e dizia:
"Lê, estuda e medita,não te deixes avassalar pela preguiça, o trabalho é o nosso melhor companheiro".
Senhor presidente da CPS,se parar na defesa irá sofrer golos consecutivos, pelo que forme equipa que defenda bem, crie a jogada e marque muitos, e assim a vitória aproxima-se num curto espaço de tempo.
A interpretação ao exposto certamente que deixará muitas cabeças a pensar.....
Um grande abraço,

Dulce Nunes disse...

O Dr. Paulo Edson não está a entrar em desespero e PONTO FINAL MESMO.
Assim queriam alguns que fosse.
O desespero, de cada vez mais, se verem confrontados com uma oposição forte e principalmente séria é sem dúvida da CDU.
O Dr. Paulo Edson não está sozinho, contra a vontade de muitos. A bancada do PSD na AM tem seis elementos, é verdade. E quantos tem a CDU? Para além de todos os que foram eleitos directamente para a A.M. a esses eleitos ainda se juntam 6 Presidentes de Junta. Então com tantos elementos porque é que, na sua generalidade, só fala o Dr. Paulo Silva. Quem é que na CDU está sozinho?
É gratificante saber que existe um anónimo que escreve neste blogue que é psicologo ou então tenta substituir a Maya. Vejam lá que o sr. ou sra., mas penso que é sr., pois as senhoras nestas coisas são mais honestas e gostam de dar a cara pelo que dizem, até adivinha o que vai na cabeça dos elementos da A.M., faz comentários a esses pensamentos e até tira conclusões. Será talvez o próximo Nobel da palermice.
Na política, quando honesta, temos de reconhecer os nossos erros, somos humanos e como tal todos nós os cometemos. O que se torna triste e desonesto é quando confrontados com factos, nem aí temos a honestidade de o fazer. O que aconteceu foi isso mesmo. A falta de humildade da CMS de assumir um erro. Foi só isso que esteve e estará sempre em causa. Agora mesmos amigos, não sou eu nem nenhum municipe que tem de pagar a propaganda de informação e desinformação que a CMS faz através do seu Boletim Municipal e muito menos com a publicação em jornais de moções aprovadas em AM a elogiar o trabalho da Câmara. Fizeram trabalho, não fazem mais do que a sua obrigação foi para isso que foram eleitos.
Para terminar este comentário que já vai longo, deixo uma pergunta para que, quem for efectivamente honesto, responda.
O que faria a CDU se fosse oposição e isto tivesse acontecido com um executivo do PSD ou do PS?
Não resisto a dar a minha opinião. Neste momento já haveria manifestações de rua e sabe-se Deus o que mais.