domingo, fevereiro 27, 2011

Acreditar até ao fim...

Para os críticos dos meus posts mais pessoais, sobretudo os que são sobre  futebol, façam o favor de mudar já de página e abrir uma outra no seu computador, pois isto é precisamente sobre o Benfica.

Hoje como o meu parceiro habitual de assistência do Benfica na "Catedral" teve de ficar a estudar para um teste, o meu filho (na foto em baixo), pois claro:





Fui  pela primeira vez sozinho com a minha filhota "Bolachinha" ao futebol ver o Glorioso:





O que assistimos foi uma escola do que é a verdadeira mística: Estádio cheio (até que enfim os Srs. dirigentes perceberam que às 18:00 as famílias podem ir ao futebol, enquanto que às 20:30 dificilmente se consegue levar uma criança, devido ao frio e à hora a que  os jogos acabam);
Total "Química" entre jogadores e a equipa, aplaudida mesmo após sofrer o golo, um Benfica sempre a acreditar;
Suspense, e, claro...
Os golos (com a particularidade de o último ter sido mesmo no último segundo de jogo).

Hoje a minha filha soube o que é "Ser Benfica".

Sei que ela viveu emoções para mais tarde recordar. E acreditem que ela é que insistiu em ir e acreditou até ao último segundo! E como ela vibrou... E como todos vibrámos... com aquele golo.

Hoje o Benfica fez-nos acreditar que, apesar deste Super Porto, que apenas empatou dois jogos em 21, tendo ganho a impressionando marca de 19 (!!) jogos, o título ainda é possível.

Obrigado Benfica!

2 comentários:

Anónimo disse...

E ainda eles dizem que não se passa nada no Seixal!!!

http://jornalcomerciodoseixalesesimbra.wordpress.com/2011/02/28/incidentes-na-abertura-dos-jogos-do-seixal/

Anónimo disse...

Paulinho, és um inocente... resguarda os teus filhos; pelos menos isso.
Ayé parce que não as pensas. Os teu filhos devem ser resguardados, sempre, sempre e sempres porque este espaço sereve a muita gente sem escrupulos.