quinta-feira, setembro 17, 2009

Polémica?

A propósito do título enganoso na capa do "Correio da Manhã" de hoje, onde diz "Filipa de Castro troca PS pelo PSD como mandatária no Seixal", devo esclarecer que o mesmo é totalmente falso.
Mais, devo adiantar que já falei pessoalmente com o meu adversário, e amigo, com quem continuo a ter as melhores relações, e esclarecemos toda esta situação.
Por fim, penso ser do interesse público, publicar o documento que foi enviado para o "Correio da Manhã", ontem, pelas 18h, pouco depois de ter sido questionado pela jornalista que fez a peça.
Penso que após a sua leitura, cada um tirará a sua conclusão.
Eis o que enviei por escrito para o "Correio da Manhã" sobre este assunto:

Não sendo um seguidor assíduo das colunas sociais nem da imprensa que se dedica a retratar a vida dos chamados famosos desconhecia a existência de Filipa de Castro até muito recentemente.
Inteirei-me mais tarde que era uma profissional de sucesso do mundo da moda, e que estava a colaborar com a campanha do meu colega Samuel Cruz, que é vereador na Câmara Municipal do Seixal e meu adversário nestas eleições.
A este propósito teci públicas considerações sobre Filipa de Castro, na sua condição de mandatária da juventude uma vez que se afigurava ser uma personalidade estranha ao concelho do Seixal e à sua realidade, comentários que em momento algum visaram a sua idoneidade pessoal ou profissional. Tanto assim é, que tempos mais tarde, e já muito recentemente, fomos apresentados por uma dirigente de uma instituição de solidariedade social onde ambos colaboramos como voluntários. Esse encontro, que decorreu num evento público e num local igualmente público, foi fotografado. E essa foto foi publicada hoje. Creio que o que motivou quer a realização da foto quer a sua publicação se prende com o estatuto de figura pública de Filipa de Castro, e não com a sua condição de mandatária. Certamente que a minha presença ao seu lado não influiu no processo.
A celeuma causada pela publicação da foto no Correio da Manhã, e a tentativa de esgrimir esse facto como argumento politico é para mim, e para a minha candidatura, totalmente descabido. Como referi, o encontro que mantivemos está totalmente fora do âmbito das minhas funções de candidato e da condição de mandatária da juventude socialista de Filipa de Castro, sendo antes consequência da actividade que mantemos como voluntários da Fundação. Filipa de Castro não discutiu comigo o seu estatuto na candidatura do PS ao Seixal, nem a campanha foi tema de conversa entre nós, para além de um a troca de comentários circunstanciais.
Tanto quanto sei, depois de ter estado duas vezes com Filipa de Castro, sempre em eventos sociais e públicos, em nada relacionados com o Seixal ou os partidos políticos a que estamos ligados, não houve alteração de status: eu continuo militante e dirigente do PSD, e candidato ao Seixal, e Filipa de Castro, cuja filiação partidária e tendências ideológicas me são totalmente desconhecidas, é a mandatária da juventude do Dr. Samuel Cruz, candidato socialista.
Assim, considero que toda esta comoção de alguns sectores é extemporânea, e que se está a confundir o encontro entre dois adultos em eventos sociais com outra coisa…Acresce que, não posso crer que o meu colega, insigne jurista e ilustre vereador do Seixal, Dr. Samuel Cruz, faça parte dos que se preocupam com isto. Ao militantes do PS, partido fundador da democracia, não são conhecidos tiques controleiros nem totalitários. Destes meus dois encontros com a mandatária socialista só decorreu uma coisa, o facto de ter apercebido da personalidade e força de Filipa de Castro, e de ter de dar a mão à palmatória pelo meu anterior juízo de valor. Resta-me saudar o meu adversário pelo acerto na escolha da sua mandatária.
Paulo Edson Cunha
Presidente da CPS do Seixal do PSD

11 comentários:

J.S. Teixeira disse...

Militantes do PS Seixal agridem e ofendem humoristas "Homens da Luta" na visita "relâmpago" de Sócrates ao Seixal. Conheçam os detalhes no blogue O Flamingo.

Anónimo disse...

E o que é isto interessa às pessoas do Seixal? Tudo isto são faits divers que não interessam a ninguém. Dois posts seguidos sobre notícias cor-de-rosa? Por amor de Deus... Sinceramente, tinha-o em melhor conta, sempre julguei que era um homem pacato e sério, concentrado em questões importantes... se aparecesse nos jornais a defender os interesses dos seus eleitores, isso sim. Em vez disso, aparece ao lado desta gente oca, que vive de aparecer e de futilidades, que nem sabia quando eram as eleições autárquicas!!
Tinha-o mesmo em melhor conta... boa sorte para a sua entrada no reino do jet set.

Anónimo disse...

"Não são conhecidos tiques controleiros nem totalitários".

Esta só pode ser para rir Paulo. Ainda ontem, no Seixal, tivemos oportunidade de assistir às agressões e ofensas dos militantes do PS aos humoristas.

Anónimo disse...

Candidato Paulo Cunha,
Ou o Senhor tem muita sorte, ou o Candidato Samuel, um azar pegado!
Eu acredito que foi mais o azar na escolha da mandatária.
Mesmo sendo para benefício das criancinhas, que tanto prezo, julgo que a mediática Severo, já passada dos trinta, como mesmo o Sr. já comentou, deveria ser um pouco mais contida nas suas aparições, para não falarmos nas entrevistas que dá, ou melhor nas gaffes.
Não o estou de forma alguma a criticar, até porque me parece ser uma pessoa muito idónea, mas queria através do seu blogue, se me permite, deixar um recado ao Candidato Samuel, pois me parece, que anda um pouco ás cegas.
Não foi uma boa aposta a Filipa, e eu sei disso desde o primeiro momento.
A mulher não tem cultura, formação e em nada o valorizou.
Falta-lhe cariz político, entre outros.
Veja o seu adversário político do PSD.
Desdobra-se em entrevistas, mas não tem mandatárias malucas, que apenas fazem babar os seus " secretários " e coordenadores.
Do pouco que já consegui observar dos encontros que já tive com a sua equipa, deixo-lhe a seguinte pergunta:
As mulheres que constam nas listas do Seixal, não merecem o vosso mérito?
Sabe do que falo, além de terem presença, tenho a certeza que conseguirão fazer muito pelo Seixal.
Estive no Cacilheiro, na noite da apresentação da Candidatura de um dos seus elementos e pude observar algumas delas.
Devo confessar que uma ou duas, só a sua entrada me deixou sem fôlego, pela sua beleza e carisma.
Pela noite dentro pude observa o como inter-agiam entre si e parece-me que têm muita garra, vontade de vencer e habilidade para alcançar.
Deixo-lhe a sugestão:
Porque não dar valor ao que tem " em casa "?
Diz-se que santos da casa não fazem milagres, mas confesso que anjos como os seus, não há milagre que lhes resista.
Deixe-se de novelas cor-de-rosa, para não acontecer o que agora vê-mos publicado no Correio da Manhã.
Organize-se e faça algo de diferente.
Não queremos Filipas no Seixal, queremos sim, mulheres bonitas mas inteligentes, como as suas militantes.
Arregace as mangas e trabalhe!
Ao candidato Paulo Cunha, continue com os seus feitos, que me parece que o levarão a Bom Porto, mas deixo-lhe de conselho que não se iluda com loiras.

Anónimo disse...

O anónimo das 11:50

devia perguntar ao candidato do PS as razões que o levaram a escolher a Severa para mandatária da Juventude Socialista do Seixal, sendo esta gente, como diz e bem, gente que vive de aparecer e de futilidades.
Será que a campanha do candidato do PS é uma campanha de futilidades?

Anónimo disse...

O Anónimo tem toda a razão.

J.S. Teixeira disse...

Sr. Paulo Edson, dediquei-lhe um artigo hoje no meu blogue. Espero que aprecie e que não se esconda por detrás das revistas cor de rosa.

A hipocrisia do Sr. Paulo Edson Cunha, candidato do PSD à Câmara Municipal parece não ter fim. PSD polui a Baía que jurou ir limpar. Vejam no blogue O Flamingo.

Já que disse na sua entrevista ao Setúbal na Rede que quando lhe fazem uma pergunta, o senhor responde, faça lá o obséquio e responda a esta.

Não considera hipocrisia andar a prometer a limpeza da baía e ser responsável pela poluição da mesma?

Anónimo disse...

Pronto confirma-se....este flamingo é mesmo um inimputável...a sua idiotice além de crónica é infantil....irra que não há pachorra para estes tachistas...querem rapar o tacho até ás últimas...nunca vi.

carlos f.

GATO GIL disse...

Sabemos que muitas vezes a actividade política não passa de mero folclore para esconder a falta de preparação, a nulidade de ideias e a incompetência.
Assistimos no Seixal ao fenómeno de um candidato à Câmara escolher uma senhora para mandatária da juventude com muitos atributos físicos e nenhuns intelectuais e outro candidato que se encontra em eventos sociais com a dita cuja, publicitando-os no seu próprio blogue.
Como a senhora - segundo se diz - é uma “figura pública”, toda esta trapalhada serviu para um jornal nacional logo dar corpo de tão importante notícia, levando a que o candidato do PSD tivesse de perder o seu precioso tempo a colocar os pontos nos iii esclarecendo a opinião pública da posição de cada um, não fosse o eleitorado do Seixal imaginar outras coisas.
Se tudo isto não fosse de um tremendo ridículo até dava para rir, mas assim é uma enorme tristeza ver estes aspirantes a cargos importantes que podem contribuir para mudar para melhor a vida das pessoas, perderem tempo com estas banalidades, convencidos que é desta maneira que adquirem alguma credibilidade.

Anónimo disse...

Dr. Paulo Cunha
Meus parabéns por ser unido a mais uma campanha de solidariedade,em prol das crianças.
A verdade é que o futuro é delas e não da Sr. Filipa Severo Castro e que infelizmente se tivesse ido sozinho não tinha aparecido nenhum orgão de comunicação e que ninguém tinha dado tanto interesse a esta associação. É lamentavel que tenha que estar presente uma " socialite" para que uma iniciativa como esta tenha sucesso.
Tenho ainda que lhe dar os parabéns pela sua imagem cada vez mais ligada a questões sociais, não posso deixar de lhe dizer que as mulheres sociais democraticas são muito mais interessantes como é o senhor.

Pedro disse...

Lamentavelmente, as tentativas de denegrir e descredibilizar a imagem do Dr. Paulo Edson, são muitas, mas sem sucesso, pois utilizar de má fé a sua ida a um evento de solidariedade e a uma festa de atribuição de prémios ( onde segundo referido pela comunicação social até o Sr. 1º Ministro foi convidado) apenas pode ser qualificado de injusto, tal como é injusto o qualificarem de sem conteúdo depois de todo o trabalho que tem feito. Leiam atentamente tudo o que foi escrito. Cada vez mais se nota o desnorte de quem por reconhecer o mérito e a competência de paulo Cunha o teme como adversário. O PSD encontrou um candidato que surpreendeu pela positiva e que está a ser muito incómodo para alguns. Acontece!