domingo, agosto 31, 2008

A culpa morrerá novamente solteira???

É um assunto que está na comunicação social de hoje (DN) e na blogosfera local, com excelentes opiniões, pode ver no Blogue da JSD/Seixal (aqui), no A-Sul (aqui) ou no Hekate (aqui).
Da minha parte deixo-vos a Nota de Imprensa do PSD/Seixal mandada esta noite para a comunicação social.




NOTA DE IMPRENSA.


Tomámos conhecimento através da comunicação social de que o Município do Seixal perdeu, por apenas 2 minutos, a possibilidade de aceder ao financiamento de 6 Milhões por Irresponsabilidade e Incompetência do executivo camarário, liderado pelo PCP

Segundo a notícia, o município do Seixal perdeu a possibilidade de ter uma verba de cerca de 6 milhões de euros para a requalificação do bairro da Quinta do Cabral e para a instalação de alguns equipamentos desportivos e sociais, após se ter atrasado em dois minutos a entregar a candidatura.

Situação tanto mais grave, quanto se sabe que vivemos em plena crise económico-financeira, exigindo-se diariamente enormes sacrifícios aos cidadãos, sendo que a situação financeira da câmara Municipal do Seixal também não é famosa.

Sabemos, através de declarações atribuídas, e não desmentidas, ao Vereador do Partido Comunista, Joaquim Santos, que, convenientemente, a responsabilidade é dos funcionários que estavam à frente da equipa coordenadora do projecto. Como não podia deixar de ser...

O PSD Seixal exige explicações públicas urgentes por parte dos responsáveis políticos.

A culpa não pode morrer, uma vez mais, solteira.

Exige-se, assim, o apuramento efectivo de como decorreu todo o processo, porque razão se deixou a entrega da candidatura para o último dia e, apuradas as responsabilidades, a tutela política deverá agir em conformidade, assumindo as suas responsabilidades.

Mais, exige-se, que num acto singular de dignidade política, o verdadeiro responsável político assuma as consequências da verdadeira lesão para os interesses do município do Seixal, se for o caso, demitindo-se.

11 comentários:

Daniel Geraldes disse...

Consta que foi o PC que estava ao serviço do PC que não funcionou.
O PC curiosamente consegiu lixar a vida ao PC. Há coisas do diabo.

Anónimo disse...

Muito gira esta troca de palavras do comentador anterior.
quanto ao que aconteceu o vereador já se devia ter demitido

Anónimo disse...

Será que perderam a hipotese ou fizeram por isso uma vez que não havia nada a entregar ?

Jorge Pieta disse...

6 milhões... Será que o Vereador Joaquim Santos conhece a frase "... obviamente demito-me!".

Olga Silva disse...

É impressionante... como é possível deixar uma situação destas acontecer!!! Realmente a Câmara Municipal do Seixal não deve ter a mesma leitura dos fundos comunitários que a maior parte das pessoas... Sendo uma Câmara com um endividamento elevado, deveria estar mais atenta a situações como esta!!! Todos nós sabemos que nos últimos dias de candidatura, os servidores estão sempre congestionados... portanto, Sr. Vereador Joaquim Santos e Sr. Presidente da Câmara Municipal do Seixal, onde está a Gestão e o Planeamento desta Candidatura?
Queria a CM Seixal candidatar-se (ou nem por isso)?
Porque se era assim tão importante candidatarem-se aos fundos comunitários, que dariam acesso a seis milhões de euros para reabilitação e novos equipamentos, não deveriam ter submetido a candidatura mais cedo?
Tinham que esperar até ao fim do prazo e por singelos dois minutos não conseguirem submeter a candidatura por falha nos servidores?
Julgo que há explicações a dar e posições a tomar...

Olga Silva

Anónimo disse...

Quando entenderem que a força que governa o Muicipio GOZA , literalmente com as pessoas ao melhor estilo do que aocntecia na ex urss onde as pessoas não contam entenderão que a ideia seria dizer que se candidataram mas que a candidatura foi RECUSADA , daí esperarem os tais 2 minutos antes de terminar o prazo . Sacrificam 6 Milhoes de euros ( UM MILHÃO E DUZENTOS MIL CONTOS) para a sua própria estratégia de manutenção do poder . Para dizer que o Estdado nada nos dá. é O CUMULO DO desprezo MANIFESTADO PELA POPULAÇÃO QUE OS ELEGEU .

João Afonso disse...

Drº Paulo Cunha
No seu post anterior V. Excª publicou um post onde se pode ler:
"Este era o texto a ser publicado no "Comércio do Seixal e Sesimbra, mas que, infelizmente por um problema electronico foi recebido depois da impressão, portanto não chegou a ser publicado".
Como vê os problemas electrónicos infelizmente acontecem a todos, e não apenas aos comunistas... Ora se V. Excª acha que cada vez que algo nos corre mal por problemas informáticos nos deviamos de demitir, então V. Excª não devia de dar o exemplo e demitir-se de Presidente da Comissão Politica concelhia do PSD?
Pois é senhor doutor faz aquilo que eu digo e não faças aquilo que eu faço!...
A sua coerência é pois um exemplo de incoerência!

Anónimo disse...

Sr. João Afonso os seus comentários são dignos de dó embora tenha todo o direito e expressar a sua opinião. As suas comparações são ridiculas e compara o incomparável. De certeza que se estivesse em jogo 6 milhões de euros o Dr. Paulo Edson teria tido o cuidado de ter feito a tempo tudo o que necessário fossepara ter direito aos fundos em benefício da população do seixal. A competência do Dr. Paulo Edson é já bem conhecida da população e por isso merece toda a nossa confiança. Sr. João Afonso peça ao seu camarada Joaquim Santos vereador incompetente da CDU na camara do seixal que se demita. O povo está farto da CDU.

Paulo Edson Cunha disse...

Caro joão Afonso, ou você, ou alguém políticamente próximo de si já anteriormente tinha tentado esta argumentação no blogue da JSD, tendo recebido uma correctíssima resposta por parte do Dr. Filipe de Arede Nunes.
Na altura, optei por não responder, até porque me pareceu um argumento pouco sério da vossa parte, meramente provocatório.
Também não vou dissecar muito o seu argumento, pois, embora faccioso, tenho-o por uma pessoa inteligente, portanto, tirando o seguidismo ou "ceguismo" como por vezes analisa os factos, lógicamente que a razão se sobreporá a essa paixão exacerbada com que tenta defender o indefensável. Vejamos:
1. Falei em problemas informáticos apenas para não ter que estar a dar explicações que apenas cabem às partes ( a mim e aos responsáveis do jornal), pois simplesmente aconteceu um desencontro após as férias e, o artigo foi enviado já depois da impressão (como calcula, se fosse importante nem sequer om refereria);
2. O espaço do artigo é meu e não do PSD. Fui convidado pessoalmente e não na qualidade. Pode perguntar aos responsáveis do jornal. Bem sei que argumenta que aparecem identificados os meus cargos, mas os mesmos só surgem por uma questão de respeito para os leitores, pois de outra forma pensariam estarem a ler algo de um cronista isento e, embora me considere uma pessoa justa, equilibrada e até mínimamente isento a analisar a realidade, não posso dissociar-me dos cargos que ocupo, das posições que políticamente tenho de responder.
3- Comparar uma situação com a outra, é tão aterradoramente desesperado da sua parte que vou tomar essa situação apenas como o que ela representa: um profundo desespero e míngua de argumentos melhores.
4- por fim pergunto-lhe: mesmo v. Exa. sendo do PCP, ou pelo menos defendendo essa ideologia, certamente que deseja o melhor para a nossa população. Admitindo esse princípio, como pode vir defender este lapso? não será mais prudente da sua parte esperar pela defesa do próprio vereador?
Vai ver que ele ainda conseguirá uma "desculpa" airosa, poupando-o a estas figuras...

João Afonso disse...

Drº Paulo Cunha
O vereador já explicou o que aconteceu... Houve problemas no envio por correio electrónico da candidatura que motivaram que a mesma chegasse com 2 minutos de atraso... Como foi explicado os serviços iniciaram o envio do processo só que a comunicação só chegou à CCDR dois minutos depois do prazo. Quem trabalha com material informático e quem necessita de enviar documentos importantes por correio electrónico sabe que estas coisas acontecem e o seu exemplo de não ter conseguido enviar o seu artigo para o jornal demonstra apenas o que eu acabei de dizer... Não acha Drº Paulo Cunha que houve aqui excesso de zelo da CCDR??? Não acha como jurista que a situação podia ser enquadrável na figura do "justo impedimento" por ter sido motivada por problemas com o servidor? Não seria mais honesto da vossa parte, principalmente da sua como jurista, de se predispor a analisar a situação e propor que a Câmara recorresse do indeferimento invocando tal "justo impedimento"? Isto era o que qualquer politico honesto faria e assim sim, V. Excª estaria a ajudar o concelho do Seixal...
Agora Drº Paulo Cunha o vosso aproveitamento da situação é ridicula, e o alarido que fazem só demonstra a vossa falta de ideias para o Seixal!!! Será que a candidatura seria aprovada? É que deverá V.Excª saber que uma candidatura a fundos comunitários não é sinónimo de atribuição de fundos... É que não faltam exemplos no Seixal, e noutros concelhos, de candidaturas a fundos comunitários que não foram aprovadas. Além disso saberá V. Excª que as verbas do QREN para a área metropolitana de Lisboa são muito reduzidas e que por isso a CCDR tentará distribuir o dinheiro disponível pelos vários concelhos. Ora saberá V. Excª que já foram aprovadas outras candidaturas da Câmara ao QREN, pelo que tenho muitas dúvidas que do "pequeno bolo" disponível para a AM Lisboa coubesse mais alguma fatia ao Seixal, até porque como V. Excª sabe a CCDR vai beneficiar nesta distribuição as autarquias do PS, em detrimento das autarquias do PSD e da CDU... É pois falacioso dizer que a Câmara do Seixal perdeu tantas milhões e sinceramente esperava que houvesse mais honestidade politica da sua parte!

Olga Silva disse...

Caro Sr. João Afonso,
Só quero relembrar que, não aprovar verbas é uma coisa... mas, nem sequer submeter uma candidatura é outra completamente diferente...
As explicações do Vereador Joaquim Santos não podem ser somente atribuidas a falhas nos servidores!!!
Estarmos no campo das suposições é muito engraçado, mas quem perde com isto tudo, é a população do Seixal...
Meu caro, é melhor ALGUMA VERBA do que NENHUMA!!!!
Em questões de HONESTIDADE POLITICA, deve focar o seu partido, que realmente, o que não lhe falta é HONESTIDADE POLITICA... especialmente com a população do Seixal...
Como conclusão devo-lhe dizer que o Vereador Joaquim Santos, não deixou a população do Seixal ter acesso a verbas Comunitárias!!!!
Impressionante, não é?!?!?!?