segunda-feira, dezembro 01, 2008

Sim, é possível!!!

Conforme vos havia prometido, publico hoje a notícia que saiu no "diário de Notícias " de sábado, dia 22 de Novembro, e que curiosamente nem foi a última notícia sobre o tema, demonstrando o extraordinário alcance mediático que este outdoor continua a ter, mesmo em termos nacionais, pois este sábado, dia 29 de Novembro, o "Diário de Notícias" e o "Sem Mais" (que como sabem sai com a edição do "Expresso" na Margem Sul), noticiam novamente (e em ambos é também a segunda vez que falam no tema) o vandalismo de que o PSD foi alvo através deste outdoor.
O mais engraçado no meio disto tudo é que se nos lembramos, ou simplesmente formos confirmar, dos comentários de muitos anónimos, em que o PSD Seixal foi acusado de aproveitamento político por uns, ridículo por outros, por ter lançado esta campanha, no entanto, sabem qual foi a frase do "camarada" Jerónimo de Sousa? "Sim, é Possível!"
Como se costuma dizer, pela boca morre o peixe....
Eu acrescento: "Sim, é possível...a mudança já em 2009", e agradeço ao agora reeleito Secretário Geral do Partido Comunista Português por ter visto aquilo que, pelos vistos os responsáveis locais do seu partido ainda não quiseram ver, ou fingem não perceber: " Sim, é possível!".
Eu acredito, o "camarada" Jerónimo de Sousa também, e você, acredita?

Seixal. O 'outdoor' está colocado no acesso à A2
A Comissão Política do Seixal do PSD inspirou-se na vitória de Barack Obama para lançar um outdoor arrojado no acesso à auto- -estrada 2, onde se propunha alertar os munícipes de que "não há vitórias impossíveis". O rosto do presidente da concelhia surge como que a assinalar o tiro da partida da pré-campanha para as autárquicas. Mas uma semana bastou para que a ideia fosse por água abaixo. Várias manchas de tinta não só destruíram o outdoor, como deixaram os social-democratas à beira de um ataque de nervos.Pedro Edson Cunha, um advogado de 39 anos, que lidera o PSD no Seixal e cujo nome está na calha para concorrer àquela autarquia, quer levar o assunto até às últimas consequências, estando a preparar uma queixa-crime contra desconhecidos e uma proposta de condenação do acto na Assembleia Municipal."Temos a noção que é difícil encontrar os autores deste crime, sendo que as forças de segurança e a câmara pouco podem fazer para fiscalizar, mas temos de perguntar porque é que só os nossos outdoors são destruídos? Andam por aí outros do PCP e da câmara que estão sempre impecáveis", garante desiludido, justificando ser esta a única forma do partido enviar mensagens à população. "Seixal só um boletim municipal quinzenal, que é uma colecção de fotografias do presidente da câmara."Segundo Pedro Cunha, o cartaz, onde se lê à distância "Sim, nós também conseguimos", pegou na vitória de Obama nas eleições norte-americanas para tentar mostrar a mudança que o mundo está a atravessar. "A ideia não teve a ver com o Obama em si, mas com o sinal de que as pessoas voltaram a acreditar nos políticos. Nós queríamos era dizer a essas pessoas que basta acreditar e votar. Nas últimas eleições no Seixal apenas 40% dos inscritos foram às urnas", sublinha.O outdoor da polémica foi integralmente custeado pela comissão política, com conhecimento do presidente da distrital de Setúbal, não tendo sido dado conhecimento da campanha à Comissão Nacional, que ainda não aprovou o nome de Pedro Cunha para candidato à autarquia do Seixal. "Já temos um nome aprovado pela concelhia, mas é um assunto que está a seguir os estatutos do partido."

2 comentários:

Rute disse...

Caro Paulo Cunha!

Caso não tenha conhecimento, eu informo-o que o PCP já tem a algum tempo o lema: "Sim, é possível um PCP mais Forte"... mto antes da Campanha do Obama!
O Sr. é q se quis colar á campanha norte-americana ... o PCP Jamé!

Catarina disse...

Tudo é possivel! É possivel mudar!