quinta-feira, outubro 29, 2009

Tomadas de Posse das Assembleias de Freguesia

ÚLTIMA HORA:
Ontem, na Assembleia de freguesia de Fernão Ferro, após 3 votações, a CDU não conseguiu fazer passar a sua equipa, pois, numa atitude típica de "Quero, Posso e mando" nunca aceitou uma proposta, bastante razoável por sinal, de governar com um membro de cada um dos outros partidos.
A verdade é que foi a CDU a lista mais votada, mas não menos verdade é que a oposição tinha maioria.
Naquele acto, respeitou-se unicamente a vontade da população. Teria a Presidência e mais um membro do executivo a CDU, porque foi a mais votada, mas a oposição estaria reprresentada.

Penso que era uma forma inédita de se mostrar à população que quando se quer, esquecemo-nos de diferenças ideológicas e trabalhamos em prol do bem comum.

Não deu. Paciência. Não venham agora é com acusações. O PS,PSD e Bloco de Esquerda, cada um por si, não votaram as propostas da CDU. A CDU não aceitou alterar as suas posições. Foi a democracia a funcionar.

Aproveite e comente:




Esta sexta-feira, dia 30 de Novembro, tomam posse os diversos eleitos às Assembleias de Freguesia do Concelho do Seixal, órgão que elegerá os futuros executivos das nossas 6 (seis) Freguesias.

A todos eles, vencedores e vencidos, mas todos eleitos pelo voto da população, os meus parabéns e sincero voto de um mandato feliz, ponderado e sempre, mas sempre mesmo, orientado para a defesa das populações que representam.

Nota: Uma Nota final para referir que a questão da difamação efectuada pelo Dr. Paulo Silva, no seu Blogue e no "Jornal do Seixal" merecerá dos responsáveis do PSD o devido e adequado tratamento, que será divulgado na próxima semana, após a reunião da Comissão Política da Secção do Seixal do PSD.

46 comentários:

Anónimo disse...

Queremos acreditar que por vontade dos eleitos do PSD, PS e do BE o executivo da Junta de Fernão Ferro vai ser constituído por um eleito de cada um destes partidos e mais dois da CDU,sendo seguro que estes dois serão o presidente e o tesoureiro.
Boa sorte e bom trabalho pois só
O futuro dirá sobre os resultados que daí advirão para o progresso da freguesia.

J.S. Teixeira disse...

Paulo Edson,

Eu creio é que o PSD se deveria preocupar mais em educar os seus militantes e representantes nas mesas de voto para a responsabilidade do cargo que ocupam no dia das eleições e nas consequências das suas acções. Aliás isso passaria um pouco por todos os partidos, nomeadamente através de reuniões preparatórias como a CDU faz.

Fazer sair NOTAS FINAIS acerca do "que diz Molero" não altera nada nem vai esconder a falta de respeito democrático que foi demonstrado pelos elementos das mesas do PSD nessas duas assembleias de voto. Simplesmente vai soar a desculpa esfarrapada e tentativa de chamar a atenção.

O que é que o PSD ganha com isso? NADA! Já deviam ter aprendido que não é através de comunicados, entrevistas e notas de imprensa que ganham votos. Pelo contrário, PERDEM, como perderam nestas últimas eleições. Se querem defender a vossa honra enquanto partido façam melhor oposição, junto das populações e não apenas de 4 em 4 anos por forma a caçar meia dúzia de votos.

Mas, meu caro, acima de tudo, não nomeiem pessoas por nomear, tenham cuidado com as pessoas que mandatam para as mesas de voto e esqueçam negociatas partidárias.

A culpa de toda esta "trapalhada" é vossa e assumidamente sua porque é responsável pela escolhas que faz para as mesas. Não se tente desculpar colocando o ênfase no que dizem ou escrevem os outros. Assuma as responsabilidades enquanto dirigente partidário e remeta-se à sua honestidade.

É um conselho que lhe dou, em nome do respeito democrático.

Tenho dito.

Crepúsculo disse...

Já é tempo deste Paulo Silva ser posto em sentido, aliás ele julga que ainda está na ex-URSS onde tudo era permitido, mas felizmente que esse tempo já lá vai...Faz insinuações mas depois não prova nada! Retrate-se ou reduza-se à sua pequenez!

Anónimo disse...

PSD, PS e BE em coligação tentam alterar na Freguesia de Fernão Ferro a vontade da população dando a maioria à CDU.
Esta noite a Assembleia de Freguesia foi dada por encerrada sem se tenha obtido consenso para a constituição do orgão executivo.
Após três tentativas do Presidente da Junta de Freguesia Carlos Pereira para eleger o executivo, foi decidido encerrar a Assembleia, competindo agora ao Governo Civil marcar novo acto eleitoral para daqui a seis meses.
A democracia tem destes precalços.

Anónimo disse...

hehehe, este Teixeira, está com medo que tramem o seu amiguinho, nunca o vi tão educado, corrosivo, mas educado, às tantas ainda é o Paulo Silva que é o Teixeira, se não é, é alguém muito perto dele, depois aquele elogio ao Flamingo por parte do Paulo Silva no famigerado texto, diz e conta muita coisa.
O Paulo Silva, é um autêntico incêndiário, mas pelo que li desta vez o fogo queimou-lhe as pestanas, exagerou e com isso caluniou, difamou, e é muito bem feito que o ponham na linha, o PSD, tem uma chance de ouro para pôr este fulano na ordem, a prova está toda lá, a condenação é certa, e a indemnização também, por isso peçam e muito.

Anónimo disse...

ROCAMBOL:
Sim estou de volta , para afirmar de que em Fernão Ferro prevalece a democracia , oposição cerrada dá a volta aos designios da Freguesia . PS, PSD ,E BE ,acabam com a tradição do "quero , posso e mando" , que durou 16 anos , Sr. Carlos Pereira viu-se embaraçado com a situação inédita criada pela oposição , a qual entende que também deverá fazer parte da Assembleia de Freguesia ,pois foi para isso que também foram eleitos, para resolver problemas dos Cidadãos . Refira-se que embora a CDU tivesse ganho as Eleições no passado dia 11 , ficou com minoria na assembleia de freguesia. CDU 6 elementos , PS 3 PSD 3, BE 1 elemento o que perfaz 7 elementos . E esta hein !
Força Oposição , caberá agora ao Governo Civil decidir o que é óbvio , novas eleições , quem o diz é ...

Rocambol
Voltarei

Anónimo disse...

Anónimo
Não há duvida que a democracia chegou a Fernão Ferro , CDU apanhada de surpresa com a atitude da oposição ,a qual votou contra a constituição dos nomes para o executivo da junta, criando assim um impasse durante très votações,pelo que o Presidente Carlos Pereira encerrou os trabalhos com alguma dificuldade em se exprimir de forma normal , pois que se terminou com um ciclo vicioso de que não estava habituado por estas bandas , "quero posso e mando", chegou ao fim ,nesta noite memorável para a oposição e não só , também para alguém que desconhecia de como se exerce os direitos que lhe são instituidos democráticamente pela População que , esta se deve regozijar pela inédita situação criada .
Quem não deve não teme !
Força rapazes para nova batalha !.

J.S. Teixeira disse...

Anónimo das 2h23,

Explique-me lá como é que se põe alguém "na linha" através de uma "Nota Final"?

Vocês lêem aquilo que escrevem ou limitam-se a debitar calinadas sem nexo?

De resto, bom meus caros. A população votou e deu a maioria dos votos à CDU (40%). Infelizmente a democracia tem destas coisas e aqueles que não foram capazes de obter uma votação significativa nas eleições querem tomar de assalto a junta de freguesia à força.

Eu cá tenho uma proposta para eles.

Caso hajam eleições daqui a 6 meses porque não uma coligação eleitoral PS, PSD e BE? Se existe, de facto, uma convergência ideológica porque não optam por isto?

É por estas e outras que eu chamo hipócritas ao Samuel Cruz e ao Paulo Edson Cunha:

"Perdemos, mas com dignidade. Toda a equipa honrará esses votos da única forma que deve:

Trabalhando em prol da população do Seixal, respeitando o programa que apresentou ao eleitorado, mas tendo presente a vontade global da população." (Paulo Edson Cunha)

"As eleições autárquicas no Seixal têm um vencedor, a CDU". (Samuel Cruz)

Quando se escrevem estas palavras e depois se tomam atitudes contra as decisões da população assume-se a hipocrisia.

É que os fregueses de Fernão Ferro deram 40% à CDU mas deram, também 0% (ZERO) à coligação PS, PSD e BE que agora tenta assumir o poder.

Apesar de tudo, acredito que o povo vos vai dar uma lição.

Tenho dito.

Anónimo disse...

Ele há cada coisa !então não é que o candidato do PS por Fernão Ferro , com o seu slogan de campanha "Fernão Ferro - Novo Rumo" fez com que existisse mesmo um novo rumo nesta freguesia .
Começando já a dar os seus frutos ,iniciando-se um novo ciclo de mentalidade na oposição . Sim ! porque a oposição também sabe fazer Democracia , senão vejamos .Na 1ª reunião para constituição das personagens para o executivo da Junta , a proposta da CDU (presidente Carlos Pereira ) foi rejeitada pela oposição , PS , PSD , e BE , tendo sido a mesma votada 3 vezes e no fim teve de se encerrar a assembleia por não haver consenso , cabendo agora ao Governo Civil decretar novo acto eleitoral . Será que Fernão Ferro vai tomar mesmo Novo Rumo ao Seixal do Futuro , esperemos que sim para bem dos Cidadãos descontentes com a inércia da CDU nos últimos anos . Daqui envio os meus parabéns a todos os elementos da oposição e em especial ao candidato Manuel Chora do PS que soube escolher a sua equipa e principalmente o seu slogan para levar a Freguesia a bom porto .

Anónimo disse...

Que ignorância este Rocambol!
O melhor resultado de sempre da CDU em Fernão Ferro... e apelar ao governo Civil... volte para o buraco de onde veio... o pior é que temo que este Rocambol seja mais um dos eleitos, que ontem foi eleito para uma junta de freguesia.

Anónimo disse...

HOJE COMENTO EU

Eleitos de Fernão Ferro brincam co o Povo

A CDU venceu folgadamente as eleições para a Junta de Freguesia. Mas não teve maioria absoluta. Os outros Partidos não deixam a CDU governar. Assistimos à Assembleia, e não resistimosd a comentar a irresponsabilidade de pessoas que demonstram uma total falta de respeito de bom senso. Vejamos:
O PARTIDO SOCIALISTA, que a nível nacional venceu sem maioria absoluta e formou Governo só co elementos do PS, agora exige, e bem, que os outros Partidos mostrem patriotismo e respeito pela decisão do Povo. Em Fernão Ferro, o Partido Socialista ficou em terceiro lugar, com três elementos eleitos, mas não deixa a CDU formar executivo e provoca novas eleições. Atitude imjcomprrensível de um Partido sustentáculo da democvracia em Portugal. Justificação para tal atitude, o PS nºao deu. Aliás nenhum dos seus elementos abriu a boca. Apareceram conduzidos à trela pelo PSD, seguindo as ordens que este Partido lhes deu. SErá que o PS de Sócrates, António Costa, Jaime Gama e tantos outros valores, não terá em Fernão Ferro ninguém capaz de dignificar o Partido e respeitar a População ?

O PPD/PSD, incapaz de se constituir alternativa credível para governar, a nível nacional, ou em Fernão Ferro, joga agora na instabilidade. Já que não governa, também não deixa governar. O Povo que se lixe. Mas aqui não há surpresa. Ser de direita é isto mesmo; ou é para nós ou não é para ninguém. O PSD foi o único Partido que falou, e disse; "nós damos dois lugares no Executivo à CDU e ficamos com três lugares para a oposição".
Assim mesmo: "DAMOS". Até parece que a CDU não ganhou as eleições com mais de 800 votos que o PSD.
Mas o líder do PSD teve a franqueza de dizer o que procura. Concorreu para conseguir o lugar de Presidente, porque assim iria ganhar dinheiro. Não conseguiu esse desiderato, então queria três lugares num Executivo de cinco. Mas ele não entrava. Para trabalhar de borla, a favor da comunidade, mandava outro em vez dele... Em próximas eleições, o POvo que julgue esta forma de estar na política.
O BLOCO DE ESQUERDA. Fez jus ao noma, formou um bloco. Trocou foi as mãos, como o trinta e umk da tropa. Baralhou-se, sem saber qual era a esquerda e fez bloco de direita. Não disse uma palavra, e ficámos sdem saber se a confusão era deficiência dele, ou se recebeu ordens. É triste, quando vemos os Partidos tradficionais da esquerda a fugirem para a direita, e os novos que aparecem com linguagem de esquerda radical, são afinal formados por pessoas geneticamente de direita.
A CDU, a+presentou uma proposta de Executivo só com elementos seus, em nome de um grupo coeso, escolhido como resultado de vários anos de experiência a trabalhar com pessoas que já demonstraram ser capazes de levar à prática as promessas apresentadas no programa submetido a eleições.
A um comentador político, como nós hoje, parece que terá faltado capacidade de negociação prévia. Mas a isso responde a CDU que ofereceu lugares para garantir a maioria e que a oposição não aceitou, jogando tudo no bota a baixo.

Agora o Povo que decida o que deve ser feito em novas eleições. Nós ficámos com a sensação de que muitos dos eleitos estão a brincar com as coisas sérias. A quem concorre à gestão da coisa publica, exige-se, antes de mais honestidade nos comportamentos e responsabilidade nas atitudes que assumem. Infelizmente em Fernão Ferro estamos a ser o exemplo do pior que existe em política. Já chegámos ao ponto de sermos mesmo motivo de chacota nacional, quando o candidato do PS, Sr.Chora, foi alvo de uma entrevista dos Gatos Fedorentos.
O Povo de Fernão Ferro, constituído por gente de trabalho, que construiu as suas vidas a pulso, certamente saberá julgar estes comportamentos em próximas eleições, pondo acima das cores políticas de cada um, o bem comum, que é o interesse de todos nós.

Um Eleitor em Fernão Ferro

Anónimo disse...

MARCHA de PROTESTO NO PINHAL DO GENERAL!

BASTA DE HIPOCRISIA E FALTA DE DEMOCRACIA!

AS PESSOAS DO PINHAL DO GENERAL MERECEM SER MAIS RESPEITADAS!

NO PRÓXIMO SÁBADO,
DIA 07 DE NOVEMBRO,
PELAS 09H

JUNTA-TE A NÓS NESTA MARCHA...

... PELA DEFESA DOS DIREITOS
DA POPULAÇÃO DO PINHAL DO GENERAL!

PELOS NOSSOS PROJECTOS DE VIDA!

CONTAMOS CONSIGO!

Mário Raposo disse...

Caros amigos,

É necessário denunciar os propósitos da desmedida ambição, da falta de cultura democrática e falta de respeito pela vontade soberana da população de Fernão Ferro.

Transcrição do comunicado da CDU distribuído, hoje, 31.10.09:

"À POPULAÇÃO DA FREGUESIA DE FERNÃO FERRO

OPOSIÇÃO INVIABILIZA ELEIÇÃO DA JUNTA DE FREGUESIA

Das eleições Autárquicas do dia 11 de Outubro resultou uma clara vitória da CDU, traduzida na condição de força mais votada, com mais votos e maior percentagem, conseguindo o melhor resultado de sempre na Freguesia de Fernão Ferro.

Foi à CDU que os eleitores da nossa Freguesia reforçaram a confiança, acreditando nas suas propostas, nos seus projectos e nos seus candidatos, sabendo que os mesmos continuarão o trabalho e a dedicação que sempre demonstraram na construção de uma vida melhor, de progresso e desenvolvimento para a população e para a Freguesia.

A obtenção de 39,36% da votação para a Assembleia de Freguesia, ficando cerca 14 pontos percentuais à frente do PSD e cerca de 20 pontos percentuais à frente do PS deixa clara a intenção da população de continuar a confiar na CDU e nos seus eleitos para gerir os destinos da Freguesia. Com a votação obtida, a CDU teria condições para continuar e aprofundar o seu trabalho em prol da qualidade de vida das populações e do desenvolvimento da Freguesia.

Mas infelizmente a oposição – PSD, BE e PS – coligou-se para impedir a CDU de cumprir o seu programa eleitoral e estar à frente dos destinos da Freguesia como a população maioritariamente escolheu.

Com esta coligação a oposição demonstrou que não lhe interessa o bem-estar da população nem o desenvolvimento da Freguesia, apenas se motiva com a baixa política, o ódio pessoal e o impedir a concretização do programa eleitoral da CDU.

Inviabilizando a eleição do executivo a oposição obriga a que a Junta de Freguesia fique em gestão corrente impedindo a concretização das obras necessárias ao desenvolvimento da Freguesia.

Nós estamos de consciência tranquila, certos de que tudo fizemos para que as soluções fossem as que melhor servissem Fernão Ferro, mas não é isso que, infelizmente, a oposição demonstrou querer. Chegados a este impasse, e se a oposição – PSD, BE e PS – continuar a inviabilizar a eleição da Junta, demonstrando não respeitar a vontade da população, outra solução não haverá, na defesa dos interesses da Freguesia de Fernão Ferro, que não seja a população demonstrar, uma vez mais e de forma expressiva que quer que a CDU continue à frente dos destinos da Freguesia, cumprindo o seu programa eleitoral."

O que não ganharam nas urnas, querem estes srs. do PSD/BE/PS, coligados, ganhar na secretaria com o acordo que estabeleceram entre si.

A população de Fernão Ferro não vai perdoar esta tentativa de usurpação, pela força, do mandato que soberanamente atribuiu à CDU.

Estaremos atentos!

Anónimo disse...

Teixeira, afinal és mesmo um burrozito, um vassalo, um lacaio, agora chama-lhe "nota final" lê o texto que o teu amigo escreveu, que tem fotografia e tudo e afirma, que aquilo não é uma calúnia descarada, a sorte é que não vais ser tu a decidir, possas!!! deves receber bem por seres tão pacóvio, chegas a meter nojo, ainda por cima és só tu que andas aí a fazer este tipo de figuras.

M. disse...

Caro Paulo Cunha, pensava ter-lhe enviado um comentário, mas como não o vejo publicado, repito-o, porque acredito que não exista censura neste seu blogue.

A prioridade de Paulo Silva é andar de braço dado com o único no concelho que lhe dá credibilidade.

Deixo mesmo uma sujestão ao J.S. Teixeira, que já nos brindou com montagens excelentes:
POrque não uma reprodução de um graffiti colocado no muro de Berlim, com Brezhnev a beijar na boca Honecker? Mas aqui com estes novos personagens.

Experimente, mantenha a linha de crítica a que já nos habituou centrada no concelho e faça-nos rir mais um pouco.

Paulo Edson Cunha disse...

caro M., efectivamente o seu comentário foi recebido, mas não o publiquei devido à forma "pouco simpática" como adjectivava o Dr, Paulo Silva.

Como compreende, não é por eles me chamarem tudo e mais alguma coisa, que eu me permito imitá-los.

Reformulada a linguagem, embora com a mesma mensagem, já aqui tem o seu comentário publicado.

Cumprimentos

J.S. Teixeira disse...

Os três estarolas de Fernão Ferro, querem sobrepor-se á vontade soberana do povo e decidiram inviabilizar a tomada de posse da CDU nessa freguesia. Quando não se tem capacidade para ganhar pelas vias democráticas utilizam-se ardis para tomar o poder de assalto.

Conheça todos os detalhes no blogue O Flamingo.

Tenho dito.

Anónimo disse...

O PS/PSD/BE demonstram uma tremenda falta de respeito pela vontade popular.

Estes partidos continuam a provar, com as suas constantes atitudes, um desprezo pelo Povo que só lhes interessa para pagarem impostos!

O Sócrates não teve maioria absoluta mas os partidos na Assembleia de Republica, compreendendo a necessidade das instituições democraticas funcionarem, não inviabilizaram a constituição do Governo.

Em Fernão Ferro, a oposição que só elegeu 3 no PS, 3 no PSD, e 1 do BE para a Assembleia de freguesia, não permitiu a eleição dos 4 vogais para a Junta de Freguesia.
Veja-se a lata destes partidos que pretendiam que estes vogais fossem 1 do PSD, 1 do PS, 1 do BE e 1 da CDU.
Veja-se a falta de respeito que tiveram pelas escolhas do Povo da freguesia, ao qererem equiparar a CDU, força politica escolhida democraticamente para ganhar as eleições Autarquicas.
Os eleitores não deram a vitória ao PS/PSD/BE, pretenderam que a CDU continuasse o seu projecto politico que tem desenvolvido este Concelho. É extremamente abusiva a a atitude que tiveram!

Força CDU, vamos para eleições caso seja preciso, VIVEMOS EM DEMOCRACIA E A VONTADE DO POVO É PARA RESPEITAR!

Rui Cabral disse...

Dr. Paulo Edson,

Acha que este assunto se pode resumir apenas á sua "brilhante" conclusão?

"Não deu. Paciência. Não venham agora é com acusações. O PS,PSD e Bloco de Esquerda, cada um por si, não votaram as propostas da CDU. A CDU não aceitou alterar as suas posições. Foi a democracia a funcionar."

E a legitimidade do voto maioritário dos eleitores nas urnas? Que conceito é este da "sua democracia" que pretendia colocar em pé de igualdade, em termos de representação no executivo forças políticas que, em resultado das eleições recentes obtiveram, respectivamente: 39,36% (CDU); 25,56% (PSD); 19,51% (PS) e 7,02 (BE)?

(NB: Digo "em pé de igualdade", porque, tirando o presidente eleito directamente no sufrágio, o que compete à Assembleia eleger são os quatro vogais para a composição do executivo.)

Por mais que v. doa, a população de Fernão Ferro deu maioria à CDU. Deve pois, em resultado disso, constituir o executivo como bem entender. A oposição tem espaço para exercer o mandato que os cidadãos lhes deram para fiscalizar, aprovando ou rejeitando em conformidade com o estabelecido na lei.

Onde está o respeito pela vontade do povo?

Quem sai prejudicado em primeiro lugar por este acto concertado e irresponsável das três forças derrotadas no dia 11, PSD/BE/PS?

A CDU que é impedida de exercer o mandato soberano que recebeu ou a população que apostou na continuidade dum projecto político que continuamente vem sufragando há mais de uma quinzena de anos?

Meu caro Paulo Edson, como diz um seu amigo e companheiro de PSD, Filipe Arede Nunes, foi aberta, em Fernão Ferro a "caixa de Pandora".

Independentemente do futuro próximo, por iniciativa conjugada do PSD/BE/PS, é a população de Fernão Ferro que sai prejudicada, e, se bem percebi a reacção expressa na surpresa das pessoas com quem falei hoje em Fernão Ferro, esta não deixará, na hora oportuna de ter bem presente, na memória, os responsáveis da situação que agora foi criada.

Não sendo adivinho, apenas interpretando, vão sair fortemente "chamuscados".

M. disse...

Caro Paulo Cunha,

Agradeço a sua explicação, e realmente foi um pouco excedido. No entanto, há pessoas sobre as quais não se podem aplicar adjectivos simpáticos.

Tivessem todos a sua postura perante o que é dito na blogosfera e não andaria por aí tanta bajulice e porcaria, escondida sob pseudo-nomes e anonimatos.

Os meus parabéns.

Mário Raposo disse...

Do BE, costumam eles dizer que são a "esquerda de confiança".

Que esquerda é esta que em nome de interesses que não são os da população de Fernão Ferro se alia, coliga e concerta posições políticas com o PSD e com o PS?

Quem andará "distraído"?

Será que esta "esquerda de confiança", de tão cega pelo ódio à "esquerda consequente" corporizada pelo PCP, já nem se enxerga nos "meios" quando conspira, se alia, e se junta ao PSD e PS para combater a CDU e acima de tudo, representar o papel principal na penalização dos cidadãos de Fernão Ferro?

É caso para concluír: O BE - Bloco de Esquerda, no seu melhor!

Eduardo Santos disse...

Bloco? Nunca mais.

Pensei que era diferente.

Para mim, chega, basta de ser enganado.

Anónimo disse...

Qualquer pessoa séria perguntará onde estará a seriedade de uma proposta que exige a inclusão do BE no executivo da Junta?

Uma proposta destas só pode ter partido de um acto irreflectido ou incentivada por alguém a quem interessa que, em Fernão Ferro, quanto pior melhor.

O BE se quer pertencer ao executivo, tudo bem, é uma ambição legítima de quem está na política para alcançar o poder de forma a poder levar o seu projecto de gestão autárquica à prática.

Mas, para isso, tem que merecer a confiança do eleitorado.

E esta confiança é sufragada nas urnas.

E, nas urnas, só 7,02% dos eleitores é que lhe concederam essa confiança.

Quer isto dizer que, em termos percentuais, o BE não tem legitimidade para poder exigir a sua presença no executivo.

E o PSD e o PS deviam saber que assim é, e não permitir que ao BE essa veleidade.

Ao BE deve-se exigir que trabalhe mais durante todo o tempo e não se mostre só de 4 em 4 anos quando há eleições.

Mas o PSD e o PS querem entrar para o executivo (não sabemos se para levar os seus programas avante ou se é para interpretar melhor o programa da CDU) e tendo legitimidade para tal, entenderam que seria mais fácil "cozinhar" uma PROPOSTA SURREALISTA do género pataca a ti, pataca a mim entre eles e o BE.

Esteve bem a CDU, em não aceitar semelhante coisa.

E esteve bem porque interpretou bem o que é responsabilidade política e porque mais uma vez soube administrar as debilidades de uma política sem sentido que o PSD e o PS teimam interpretar.

E agora aí estão as consequências desta estratégia de alto risco delineada não se sabe ainda bem por quem.

1º- Para haver uma solução que não passe por repetição de eleições, vai ser o PSD, PS e BE que vão ter que refazer a sua proposta.

E ao fazê-lo confirmam perante a população que, de facto,eram eles que não estavam a ser coerentes.

2º - Persistindo nesta PROPOSTA SURREALISTA, esta questão vai ter que ser julgada pela popução em novo acto eleitorado.

E neste julgamento popular,alguém tem dúvidas sobre qual vai ser a decisão?

Quem tiver dúvidas dentro do PSD e PS aguarde então pelos resultados.

Mas não deixem na hora da verdade de assumir publicamente a responsabilidade por eles.

Todavia, lembrem-se de que ainda mal a Assembleia de Freguesia tinha terminado e já umas horas depois a CDU distribuía um comunicado à população, mostrando mais uma vez que não brincam em serviço.

Paulo Edson Cunha disse...

Sr(a) Anónimo(a) das 9:27

Hesitei em publicar, ou não o seu comentário, mas o mesmo poderia configurar o crime de difamação sobre a pessoa a quem se referia.

Se tiver provas do que afirma então terei todo o gosto em acompanhá-lo a um Órgão de Polícia Criminal e ajudá-lo a apresentar a respectiva queixa e faremos um favor à população.

Não tendo provas, admito que seja a sua opinião, mas terá de a reformular ou colocá-la noutro Blogue.

Um bom Domingo para si e para todos os restantes leitores.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Cumpra-se a vontade dos eleitores da freguesia!!!

Deram a maioria à CDU ela é que deve formar o executivo.

Os outros partidos devem estar na Assembleia que é os seu legitimo lugar.

SRs do PS/PSD/BE não queiram mais do que o Povo vos deu!

Robin Hood disse...

Antes demais queria dizer-vos que pensei muito sobre este assunto e se o havia de comentar. Não resisti. Assisti na passada sexta feira a um completo desfazamento daquilo que deve ser: 1º a politica; 2º os politicos e o seu papel; 3º o entendimento da democracia e por ultimo 4º o respeito pela vontade da população.

A vontade da população foi inequivocamente dar a vitoria à CDU - alguém tem duvidas disso?

Por outro lado a população, democraticamente também se manifestou relativamente à posição que o PS, BE e PSD deviriam ocupar na freguesia de fernão ferro, e essa parece-me, ineqivocamente que, seria na assembleia, orgão não menos digno, antes pelo contrário, com a função de fiscalizar o trabalho da força politica que venceu as eleições.

Foi um assalto à mão armada, o que se passou na tomada de posse. O PS BE e PSD roubaram o POVO, retirando a possibilidade da CDU continuar a trabalhar conforme a vontade manisfestada por sufragio e que foi relembro por MAIORIA = VITORIA - alguém tem duvidas disso?

O BE, com 400 votos, da familia e pouco mais, tomou em consciência o partido do PS e PSD. Qual é que foi o programa eleitoral destes tipos? alguém sabe? para alem de querer fechar a junta á meia noite, não me recordo de mais nenhuma.

Mandatários do capitalismo para dividir a esquerda, sobre eles caiu a responsabilidade de inviabilizar o projecto da CDU. para quem conhece bem o BE a posição deles não foi de estranhar este acordo maquiavélico que lhes vai sair caro. Nem a familia vai votar no Aniceto caso se mantenham as posições.

O PS deveria seguir o exemplo dos partidos da oposição na assembleia da republica que permitiram ao Socrates formar Governo com pessoas da sua confiança.

Mas do PS também não me admiro. Ao que parece o Chora na vespera não queria aceitar tomar posse - talvez por ter sido traido por membros do partido com aquela historia dos gatos fedorentos. Sim não tenho duvidas que foi um esquema montado.

O PSD - trata-se de vingança pessoal esquecendo-se o vinhas dos interesses da população e da sua responsabilidade como autarca eleito.

Para a terra foi uma cena triste, literalmente falando con«m contornos semelhantes aquilo que se passou lá para cima quendo um candidato fez um ajuste de contas com um tiro mortal no seu rival politico.

É UMA VERGONHA!

Paulo disse...

Paulo hesitar em publicar; crime de difamação; Paulo tem mas é juizo pois sabes muito bem dos trâmites processuais da nossa justiça e mais; se ele levantar o véu sobre seja o que for, o Carlos Pereira sabe que nós sabemos dos telhados de vidro que ele possui.
Esse senhor não tardará a ver operações furacões nas autarquias do Seixal.
Quanto a ti, parece que continuas a desprender. Continuas a ser instrumentalizado por sujeitos que pretendem ter tempo de antena e quando se trata do poder instituído, no caso concreto do acólito do Monteiro na freguesia de ff tu demonstras a cumplicidade.
Estou a achar estranho e já pensei por diversas vezes que teres vindo da margem norte para o seixal, não seja mais do que uma infiltração do PCP para continuar a dividir.
Paulo essa é a sensação que tenho e muitas vezes penso que entre ti e o Paulo Silva, só muda o apelido.

Paulo Edson Cunha disse...

Paulo (como se diz chamar):
Meu caro, você, com o devido respeito, pertence àquela classe de realizadores de filmes da classe B, que ainda por cima ninguém percebe nada.

Bem, um mérito teve, fez-me rir. Comparar-me ao Dr. Paulo Silva foi de mestre. Queria ofender-me? Difarmar-me? Apenas ser irónico? Chocar-me? Como disse, conseguiu fazer-me rir...lol

Por outro lado quando diz "Continuas a ser instrumentalizado por sujeitos que pretendem ter tempo de antena e quando se trata do poder instituído, no caso concreto do acólito do Monteiro na freguesia de ff tu demonstras a cumplicidade."

Não o percebo. Então eu agora dou tempo de antena? ainda por cima aos acólitos do Alfredo Monteiro? Bem, vou já mandar reformular o Boletim Municipal, aplicar o programa do PSD com o novo poder que você me atribui.

Sejamos sérios. eu discuto política, ideias para o concelho. Não ando aqui a difamar os meus adversários teorias da conspiração, ainda por cima de coisas que desconheço. Claro qu denuncio, aponto o dedo, faço ouvir as queixas da população. Ma essa é a minha obrigação enquanto autarca. nda me move contra ninguém.

Ahh, faltava a pérola maior: vim da margem Norte para quê? antes de mais eu não vim da margem norte. Devia estar informado. Eu nunca saí da margem sul. Simplesmente quando casei comprei casa em Lisboa, mas nunca saí da margem sul, onde desenvolvo toda a minha vida profissional, onde tenho família e faço política.

Volte sempre. Todos gostamos de nos divertir com a sua, pelos vistos ilimitada, capacidade criativa.

Vitor Martins disse...

Um Eleitor em Fernão Ferro

31 de Outubro de 2009 14:10

Fala, fala mas não diz nada, não é Sra Dra Manuela, elemento do PCP candidata a Fernão Ferro nas últimas eleições? Assuma-se e não se comente aqui como anónimo.

EU SEI QUE A DEMOCRACIA É UMA DISCIPLINA QUE NÃO EXISTE NO VOSSO MANUAL. AGUENTE-SE! PACIÊNCIA!

M. disse...

Caro Paulo Cunha,

Foi com muita surpresa que verifiquei que alterou o meu comentário publicado ás 19.11

Não gostaria de retirar o que posteriormente lhe disse ontem e que rapidamente publicou. Mas retirar palavras do meu comentário anterior, eliminando de todo o sentido, não é decente e não esperava isso de si.

Até porque nunca se fez rogado em publicar outros comentários menos elogiosos para terceiros, que os levou mesmo a responder aqui.

Uma vez que voçe mesmo disse que a linguagem foi alterada, agradeço-lhe que reponha o comentário na integra ou passarei a tomá-lo como mais um dos bloguistas sem carácter que por aqui andam.

Eleitor de F. Ferro disse...

Olá meu caro Victor Martins???,

Sem mais rodeios e para que não se esqueça, faça o favor de mandar fazer uma tatuagem na testa, dizendo:

"A CDU ganhou as eleições em Fernão Ferro com maioria relativa à beira da maioria absoluta!"

Dói um pouco no princípio, mas depois habitua-se.

Depois, pode começar a reservar as pastilhas para a azia, ou tentar fazer parte dos cidadãos, que em futuro breve, orgulhosamente irá dar a maioria absoluta, pela primeira vez, em Fernão Ferro à CDU.

Sabe, não é basófia, é sentimento. É acreditar que o povo de Fernão Ferro, é um povo igual ao do resto do concelho, que vê o mesmo que o povo de Amora, Arrentela, Corroios, Aldeia de Paio Pires e Seixal.

Acredito que brevemente, a verdade será reposta em Fernão Ferro, com o voto maioritário na CDU e desta vez com a maioria absoluta, que talvez por trapaça ou batota desenvolvida por alguns senhores (como de resto já por diversas vezes foi falado), lhe foi negada no dia 11.

Há quem diga que "Deus escreve direito por linhas tortas", e também que os "desígnios de Deus são insondáveis", pois bem, estamos em véspera da confirmação.

No que depender de mim, meus caros, a CDU obterá, próximamente, a maioria absoluta para continuar a servir o povo de Fernão Ferro e a coligação PSD/BE/PS, sofrerá a maior derrota de sempre.

O PSD/BE/PS, culpados desta crise e do bloqueamento do funcionamento da Junta de Freguesia de Fernão Ferro pagarão caro nas urnas.

A população não deixará de os castigar, pela paralização da acção da Junta de Freguesia, neste tempo que decorrerá até às eleições para reposição da legalidade democrática.

Sereis castigados, meus senhores!

Anónimo disse...

Ao Sr. Vitor:

Nem sou Drª, nem comunista e muito menos uma mulher, sou um eleitor do Pinhal do General farto da V. falta de respeito pelos eleitores da Feguesia. Sou socialista e não me agradou nada como manipularam os meus companheiros do PS na Assembleia para satisfazer os vossos caprichos e ódios pessoais.

Paulo Edson Cunha disse...

Caríssimo M.

Deve haver alguma confusão da sua parte.

Jamais alterei, ou alterarei, qualquer comentário de outrém.

Ou os publico, ou não os publico.

Nem sequer sei se dá para alterar, mas seria um comportamento que nem em pensamento o faria, pois, para além de crime é éticamente reprovável.

Refiro, de facto, que v. alterou o seu comentário, entre o primeiro e o segundo que publicou, sendo que o primeiro deles até vinha como anónimo, salvo erro.

Havendo dúvidas da sua parte, o Administrador dos Blogues tem os comentários gravados e disponibilizo-me desde já a, junto consigo, verificar o que aconteceu.

Cumprimentos

Nelson Cunha disse...

Se é bem verdade que a CDU ganhou as eleições em fernão ferro, também não deixa de ser verdade que a maioria do povo não quer a CDU no poder (uma vez que votaram noutro partido qualquer não lhe dando a maioria absoluta). Por isso, e seguindo as regras da democracia, deve ser a CDU a liderar o próximo executivo. O único problema aqui é que a essa mesma CDU não parece muito aberta ao diálogo (muito diferente do eng. josé socrates que agora não conhece outra palavra a não ser diálogar - vamos ver se se concretiza em alguma coisa prática) querendo impor a sua absoluta e inequívoca vontade. Acho que está na altura de deixar orgulhos e teimosias de lado e arranjar, de alguma forma, um executivo (infelizmente liderado pelo Sr. Carlos Pereira - assim dita a vontade do povo) que não deixe esta terra ainda com mais inércia do que aquela que já tem...

É realmente triste mostrar a minha terra a alguém doutra região do país e os comentários serem do género: "que horror! esta estrada sem passeios, com fios a passar no ar para todo o lado. Isto parece o 3º mundo às portas de lisboa"). É sinal de que alguma coisa tem de ser feita e urgentemente!

Por isso peço ao PSD que tome a iniciativa (se ainda não tomou) de tentar arranjar um acordo, ou qualquer coisa parecida, com os vencedores para por isto a andar.

Cumprimentos

Eleitor de Fernão Ferro disse...

Se chegar a haver novas eleições o Carlos Pereira deverá será reponsabilizado porque em democracia manda quem pode e obedece quem deve! Eu sei que vos falta cultura democrática mas agora queixem-se ao Sócrates. Finalmente a liberdade está a chegar a Fernão Ferro onde estes comunistas julgam que são reis e senhores, desenganem-se, o POVO não vos deu a maioria absoluta e NUNCA a vos vai dar. O povo vai voltar a ser soberano e dar-vos a resposta que merecem. Cumpram aquilo que prometem, o povo não é parvo e é e vai voltar a ser soberano, por mais AMEAÇAS que façam. Mas porque razão a CDU não quer ver a oposição no executivo, que tem este de tão apetecível?

Anónimo disse...

Ó "eleitor" das 0,03,

Para não te esqueceres do que estás a escrever, faz copy e guarda contigo a "brilhante" conclusão a que chegas.

Depois, no tal dia, só tens que comparar.

Entretanto e à cautela, vai à farmácia Nurei e compra pastilhas. Vão fazer-te muita falta na hora da verdade.

Não digas depois que não te avisaram!

Anónimo disse...

ESCLARECIMENTO AOS BLOGUISTAS
O candidato do PSD a Presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro enganou os eleitores, senão vejamos:
O nome com que se apresentou ao eleitorado é falso: FERNANDO VINHAS NÃO EXISTE ! O nome correcto é Franclim Fernando Gonçalves Jorge.
Já há muito que nos blogues se interrogava se este falso "VINHAS" assumiria o cargo se fosse eleito ?
A resposta foi dada na Assembleia de Instalação dos Eleitos pelo próprio "VINHAS": Não vou integrar o executivo da Junta de Freguesia, não tenho vida para isso, a função de Vogal será entregue ao José Penha do Café da Mena.
É este o comportamento indigno de quem se faz passar por Social Democrata.
Entretanto também o cabeça de lista do PS Manuel João Chora (o artista dos Gatos Fedorentos), dois dias antes da Assembleia enviou uma carta ao Presidente da Assembleia a informar que não iria tomar posse. No dia seguinte enviou outra carta a dar o dito por não dito, afirmando que depois de dialogar com o PS decidiu tomar posse.
O Aniceto do BE afirmava que não pretendia assumir qualquer lugar quer no Executivo, quer na Assembleia e à última hora decide aliar-se ao PS e ao PSD.
Mas que raio de políticos ou cidadãos são estes que pretendem dirigir a Junta de Freguesia ?

Anónimo disse...

Que vergonha eu tenho de ter votado no Bloco de Esquerda. Sinceramente julgava tratar-se de um partido de esquerda, e constato agora que tenho andado enganado. Em vez de aceitar integrar a lista da CDU, como lhe foi proposto,decidiu recusar, preferindo juntar-se ao PSD-PS, inviabilizando assim a constituição da lista proposta pelo eleito da CDU, Carlos Pereira. Não esperava tal atitude do Bloco de Esquerda, pois considero que este partido é o principal responsável pelo atrazo do progresso em Fernão Ferro, pelo menos nos próximos seis meses.

Anónimo disse...

Não posso crer no que acabo de saber; afinal o cabeça de lista do PSD à Junta de Freguesia de Fernão Ferro , o Franklim Vinhas, não quer fazer parte da Junta de Freguesia e cede a sua posição ao Zé da Mena? Afinal que fantochada é esta?
Já percebi tudo, o vinhas entrou na campanha apenas para denegrir e injuriar o Carlos Pereira.
Pois políticos destes têm que comer muito pão com côdea para chegarem aos calcanhares do Carlos Pereira.

Anónimo disse...

Que vergonha eu tenho de ter votado no Bloco de Esquerda. Sinceramente julgava tratar-se de um partido de esquerda, e constato agora que tenho andado enganado. Em vez de aceitar integrar a lista da CDU, como lhe foi proposto,decidiu recusar, preferindo juntar-se ao PSD-PS, inviabilizando assim a constituição da lista proposta pelo eleito da CDU, Carlos Pereira. Não esperava tal atitude do Bloco de Esquerda, pois considero que este partido é o principal responsável pelo atrazo do progresso em Fernão Ferro, pelo menos nos próximos seis meses.

Anónimo disse...

Que vergonha eu tenho de ter votado no Bloco de Esquerda. Sinceramente julgava tratar-se de um partido de esquerda, e constato agora que tenho andado enganado. Em vez de aceitar integrar a lista da CDU, como lhe foi proposto,decidiu recusar, preferindo juntar-se ao PSD-PS, inviabilizando assim a constituição da lista proposta pelo eleito da CDU, Carlos Pereira. Não esperava tal atitude do Bloco de Esquerda, pois considero que este partido é o principal responsável pelo atrazo do progresso em Fernão Ferro, pelo menos nos próximos seis meses.

Fernão Ferrense nado e criado disse...

Anónimo do dia
2 de Novembro de 2009 20:03

Fica descansado que o Vinhas, Vinhas não, Sr. Engenheiro Vinhas via tomar conta da Junta EM BREVE por muito que te custe e por muita poeira que levantes, muita calúnia ou suspeição que derrames! O povo de fernão ferro agradece a disponibilidade dele para vos confrontar em breve! Fica descansado que ele fará parte da Comissão administrativa a ser constituída em breve! Também em breve a LIBERDADE chegará. lol

Anónimo disse...

Pela primeira vez a CDU e o Carlos Pereira vêm o seu poder confrontado pela democracia, estavam habituados ao status quo de tudo querer e tudo poder quando não tinham legitimidade. Não ganharam a maioria e agora a oposição também pela primeira vez, farta de arrogância e cultura democrática, farta do EGOCENTRISMO, farta de não ver as obras e equipamentos prometidos, uniu-se e partirá para novas eleições, segura de que quem beneficiará é toda a população de fernão ferro, todos os moradores fartos desta cultura anti democrática como se viu na pseudo tomada de posse, na passada 6ªfeira.

Anónimo disse...

Já em 1976 o PPD/PSD em coligação com o PS, numa célebre reunião com a população realizada no Salão do Centro Paroquial de Fernão e na sequência de um abaixo assinado, estes senhores, hoje já todos falecidos, provocaram um impasse em Fernão Ferro durante cinco anos e só depois da formação da ADUFF foi possível dialogar com a Câmara Municipal e einiciar o desenvolvimento que ainda hoje assistimos.
Cuidado não parem o PROGRESSO.
Um morador que na altura era da UDP e que reconhece que foi o então jovem Carlos Pereira que dinamizou e retirou Fernão Ferro da letargia em que se encontrava estaq terra.

Anónimo disse...

É PRECISO APURAR RESPONSABILIDADES SOBRE QUEM ENVIABILIZOU A INSTALAÇÃO DO EXECUTIVO E DA MESA DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE FERNÃO FERRO.
COMO FOI POSSÍVEL O PSD COLIGAR-SE COM O BE QUE NOS RETIROU UM MEMBRO ?
ESTA ATITUDE SÓ BENEFICIA A CDU E PREJUDICA O PSD E A POPULAÇÃO.
SE A SOLUÇÃO FOR O RECURSO A ELEIÇÕES INTERCALARES, QUANTOS MEMBROS O PSD VAI PERDER, NÃO PODEM MUITOS PORQUE JÁ SÃO SÓ 3.

António Cardoso disse...

Sábado, dia 07 de Novembro, pelas 09h00, Marcha Cívica da População do Pinhal do General.

Sem cariz político, religioso, ideológico, Vamos Alertar para a situação desta pequena localidade limite do Concelho e talvez por isso tão esquecida. O percurso passará por alguns dos Pontos Negros do Pinhal do General e termina no Mercado de Fernão Ferro.

Participa!

D + pelo Pinhal do General!

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com