sexta-feira, outubro 23, 2009

Laconicamente...

Temos Governo..

Temos Ministros...

Os homens (e mulheres) ainda nem começaram a exercer funções e a mostrarem trabalho e já vejo muita gente a falar mal deles.

É o País que temos!

Boa sorte José Socrates e restante equipa governativa.. Não votei nele. Não aprecio o estilo, o conteúdo, e em bom rigor nada, mas se ele for bem sucedido, Portugal caminhará em frente. Por isso, boa sorte Portugal..

Ahh, e garanto-vos que não estou a ser hipócrita.

11 comentários:

Anónimo disse...

Com um discurso destes que será ou quererá Paulo Edson?
Será que está descontente com o PSD e quer passar-se para o PS?
Creio que não.
Creio apenas que este discurso é o discurso de quem é sério e quer apenas ver o seu país andar para a frente.
É o discurso de quem é realmente democrata, aceita as regras do jogo e revela que sabe perder.
É o discurso de quem por ser democrata está na política porque tem idéias e quer pô-las em prática para benefício de todos e não só de alguns.
É o discurso de quem sabe que só depois de os eleitos ou nomeados terem oportunidade de mostrarem o que valem é que se deve criticar.
É o discurso de quem só critica quando está convencido de que é possível fazer mais e melhor e recusa portanto a crítica negativa, do género, basta haver Governo para eu ser contra.
Felizmente, ainda há políticos que estão na política pelo prazer de fazer bem e querer o melhor para o seu país, ou a terra onde já viveu e ainda trabalha.

Mário Raposo disse...

Sem dúvida que eu acredito nos votos de bom trabalho do Paulo Edson (do PSD, já se vê)ao governo socrates.

Lá no fundo, bem fundinho, o que o Paulo Edson e o PSD mais gostariam era de serem eles a desenvolver a mesma política. Mas como tal não aconteceu, nada está perdido.

E para isso há que desejar votos de bom trabalho ao Socrates e ao seu governo recauchutado com parte de outros ministros/clientes.

Podem achar que isto é tudo exercício muito saudável e bonito da democracia à portuguesa. Mas eu direi que isto é a prática mais clara do exercício dos interesses do sistema capitalista, do qual o PS, PSD e CDS são os indigitados executantes.

Anónimo disse...

Pela mesma ordem de ideias, Paulo Cunha deverá também dizer:

“Boa sorte Alfredo Monteiro e restante equipa da vereação afecta ao PCP. Não votei nele. Não aprecio o estilo, o conteúdo, e em bom rigor nada, mas se ele for bem sucedido, o Seixal caminhará em frente. Por isso, boa sorte Seixal.”

Não contendo estas felicitações do Paulo Cunha qualquer laivo de hipocrisia, como ele diz, então só podem ser consideradas muito infelizes e de puro mau gosto para não lhes chamar outra coisa.

Lá porque estes personagens ganharam as eleições, não se pode pegar numa borracha e apagar todo o seu passado.

Ou José Sócrates e Alfredo Monteiro passaram a ser democratas de um dia para o outro?

Há qualquer coisa neste Paulo Cunha que não dá para entender. E não venham os seus defensores do costume dizer que ele é muito puro e que tem uma maneira muito particular de fazer política. É que os resultados estão à vista e demonstraram que as suas estratégias estavam completamente erradas, relegando o PSD no Seixal para uma representação autárquica de há cerca de duas décadas.

Acordai, senhores.

Paulo Edson Cunha disse...

Às vezes fico nas dúvida:será ódio, inveja, raiva ou apenas vontade de dizer mal?.. e por sistema!

A dúvida não se desvanece, mas é certo que desta vez não virá (nunhm(a) dos(as) meus(minhas) defensores(as) que tanto vos incomodam. Até direi mais, faço um apelo para que não venham. Defendo-me eu sozinho.

E sabe porquê caro(a) anónimo(a)?
Porque o que escreveu é tão repugnante, tão baixo que não merecerá mais linhas dos que a seguir deixo.

Em bom rigor nem mereceria resposta, mas eu temendo que alguém menos atento, distraído ou influenciável apenas acreditasse no que aqui leu e não se desse ao trabalho de ver o post que escrevi muito poucas horas depois do resultado eleitoral "Crónica de uma derrota (não) anunciada" que começava assim: "Em democracia, como na vida, felicita-se quem vence.

Parabéns Alfredo Monteiro, parabéns CDU.

Reforçaram com o voto popular a vossa gestão."

Mas se dúvidas tiverem quanto ao meu pensamento, ainda no último post, que faço questão que revejam, chamado de "Hipócrisia", refiro num parágrafo:
"Podia também acusar a hipócrisia de alguns partidos, de alguns políticos, mas caramba, o povo votou, bem ou mal, pronunciou-se, e quem sou eu para agora não respeitar pelo menos um curto período de nojo?"

Mais, em breve vou colocar num post um artigo que escrevi para o extinto "Notícias do Seixal" sobre a minha análise aos resultados das legislativas aquando da maioria absoluta do Eng.º José Sócrates.

Há pessoas que realmente devem mover-se a sentimentos mesquinhos, por isso, tendo muita pena sua (de certeza que não pode ser feliz) eu prometo-lhe que este fim-de-semana lhe vou reservar uns minutos de meditação e vou desejar-lhe um pouco mais de paz espíritual, harmonia nessa alma e que consiga ver o mundo um pouco mais colorido e não tão cinzentão.

Divirta-se, vá passear, vá ao cinema, ao teatro, oiça música, namore, faça desporto. Siga o meu conselho. Verá que depois disso conseguirá ver as coisas de outra maneira.

Hugo disse...

Paulo Cunha, o unico mesquinhoe hipócrita és tu que escreves comentários anónimos sobre as casas dos teus adversários, demonstrando pura inveja!

Anónimo disse...

Caro Paulo Edson
Como não sou seu defensor, não me passou nenhuma procuração para o devido efeito, não tenho que respeitar o seu apelo.
Sendo o senhor advogado também é óbvio que sabe, muitíssimo bem, defender-se dos mais ignóbeis ataques que só podem vir de quem de facto, como diz, não é feliz nem nunca poderá ser feliz porque ele não sabe que para se ser feliz não se pode ser ódioso.
Quem é odioso ou vingativo só pode ser mesquinho e quem é mesquinho jamais saberá contribuír para a construção de um mundo melhor.
Não é com a criação de muitos blogues e com dezenas de personagens que fazem centenas de comentários que a sociedade passará a ser merlhor.
Se analizarmos estes blogues e comentários vrificamos que eles, no fundo, mais não são do que reveladores da hipócrisia de quem diz combater a hipócrisia.
Quem de manhã acorda mal disposto com o candidato do PSD, à tarde veste-se de PCP e nos fins-de-semana dorme com o PS, se não é psicopata só pode ser hipócrita.
Hipócrita e oportunista porque move-se por interesses pessoais e mesquinhos em busca de um lugar ao sol e não pelos princípios que diz defender.

Anónimo disse...

Os partidos políticos servem para ganhar eleições e com o poder que lhes é dado pelo voto, aplicarem os seus programas.
Os partidos políticos não são nem podem ser um conjunto de bons rapazes e raparigas cheios de boas intenções. Para isso existem os escuteiros.
O Paulo Cunha limitou-se a dizer coisas sem dizer nada, a não ser refugiar-se em hipotéticas intenções de ódio, raiva ou inveja à sua pessoa, sem entender ou sequer fazer um esforço para querer perceber que errou completamente como político responsável pelo PSD no Seixal.
No mínimo, deveria pedir desculpa a todos aqueles que votaram no PSD, retratando-se, e se não se demitir, pelo menos prometer que vai inverter a posição em que colocou o Partido no Concelho, começando por recuperar os militantes que entretanto se afastaram ou foram afastados por se tornarem incómodos e vozes discordantes da sua direcção.
Tudo o resto que escreveu é apenas para desviar a atenção do que é realmente importante, porque ao contrário do que pensa, o PSD está acima das suas teorias e lamentações.

Anónimo disse...

A inveja e o ódio são o reflexo de mentes distorcidas. Claramente paulo Cunha não é assim. Esse é o problema de muitos que continuam irónicamente preocupados com ele porque reconhecem o seu valor e os valores por que pauta a sua vida, preocupados porque sabem que ele, vai continuar atento e interventivo, sempre a destapar o que muitos não querem que venha ao conhecimento dos cidadãos.
Paulo cunha cumpre o seu papel muito bem e irá sempre defender os interesses comuns. Paulo Cunha respeita a vontade dos eleitores e por isso é apontado. Afinal que democracia é a nossa? Afinal para que conta a vontade do povo? Afinal que valores têm estas pessoas que aqui vêem apenas dizer mal? Por isso temos o Pais que temos.
Vamos acreditar que este Pais um dia vai ser melhor, vamos acreditar nos politicos do nosso Paìs, porque estes senhores que por aqui andam não são politicos, são apenas pretenciosos sem compeência e sem valor, mal formados e que podem ser de qualquer partido, mas seja qual for o partido a que pertençam, não merecem pertencer.
Desculpe Paulo Cunha, mas não consegui respeitar o seu pedido, por isso nem sequer me vou identificar.

António Cardoso disse...

Muito Boa Tarde!

Informo que no dia 07 de Novembro, pelas 09h00,realizar-se-á no Pinhal do General uma Marcha de Protesto da População!

Um Bem-haja a Todos.

www.ViverPinhaldoGeneral.Blogspot.com

Anónimo disse...

Aceito de bom agrado o seu desejo de boa sorte que eu acredito que seja sincero, mas cá para nós sabemos que não vamos sair do mesmo. Viva o P.S.D. e Viva PORTUGAL

Anónimo disse...

ó Sr.Hugo, deixe-me que lhe diga, fui eu que escrevi comentários sobre a casa dos "outros" e escrevo sobre o que eu quiser, ou também já temos censura ou exame prévio no Seixal?? isso queria o sr. e toda a sua equipa, e garanto-lhe ainda que não me chamo Paulo Edson, nem o conheço de lado nenhum, tenho nome, mas se você quiser posso ser Hugo, Paulo, joaquim, o que eu quiser, assim como o Sr.Hugo, mas já agora como os Srs.Hugos cá da terra, ficam incomodados quando se lhe toca nas feridas, é assim que pensam os democratas do Seixal, se pudessem matavam os outros todos, o pior é que vou assistir primeiro a extinção da CDU nacional do que a CDU do Seixal, para mal dos pecados da nossa terra, ele há com cada individuo, que nem inventados.