terça-feira, junho 05, 2007

Moção

De seguida deixo-vos com uma moção que apresentei, em nome do Grupo do PSD na última Assembleia Municipal, realizada ontem (dia 4 de Junho) à noite.
O curioso é que o Sr. Presidente da Junta foi desmentir-me, acusando-me de não conhecer a Avenida em causa. Um destacado deputado municipal da CDU, acusou-me mesmo, faltando-lhe melhores argumentos, de eu nem sequer viver no deserto (desculpem..na margem sul, mais precisamente no concelho do Seixal).


Efectivamente não vivo neste concelho, mas faço cá praticamente toda a minha vida, pois tenho o escritório na Torre da Marinha e, face às inúmeras funções que exerço, tenho quase diariamente reuniões à noite, no deserto. Bem, mas isto apenas para ilustrar o nível dos argumentos da CDU. Reconheço que, à falta de melhor...

Aqui vos deixo a,


Moção

Considerando que do conceito de Avenida pesquisada no dicionário, surgiram entre outros o de “via mais larga do que uma rua e cuja faixa de rodagem tem geralmente diversas pistas para circulação automóvel”;

Considerando que automóvel é entendido como um veículo de quatro rodas, com motor próprio (accionado geralmente a gasolina ou a gasóleo), usado no transporte de passageiros e de mercadorias;

Considerando que os Autarcas do concelho do Seixal e da Freguesia de Fernão Ferro não comungam da opinião de Sua Excelência o Ministro das Obras Públicas, Eng.º (inscrito na Ordem, como ele próprio faz questão de se apresentar) Mário Lino, logo, entendem não estarmos num deserto, o que, por maioria de razão, lhes permite pensar que a circulação mais apropriada para uma avenida não seja o já por estes dias muito famoso camelo, mas sim o supra referido automóvel;

Considerando que do conceito de esburacado não consta a denominação de um destacado membro desta Assembleia eleito pela CDU que refere que determinada estrada “não tem buracos, mas sim altos”;

Considerando que quando uma autarquia dá o seu próprio nome a uma avenida, quer conferir à mesma, toda a dignidade possível;

Finalmente, considerando que em Fernão Ferro existe uma AVENIDA, denominada SEIXAL cujo percurso está totalmente ESBURACADO (ou com altos, para os que assim o entenderem), tornando-a absolutamente intransitável através de automóvel, quiçá tendo sido construída a pensar na utilização pelos camelos, animais mais identificados por circularem no Deserto;

Pelo exposto, a Assembleia Municipal do Seixal, na sua reunião extraordinária de 04 de Junho de 2007, delibera:

1 – Manifestar junto de todas as entidades competentes a necessidade urgente de reparação e repavimentação daquele troço;

Os eleitos pelo PSD:


Naturalmente que a Moção foi chumbada pela maioria CDU, e isso é bom que se saiba!

Agora deixo-vos umas fotografias tiradas no passado sábado, que desmentem o sr. Presidente da Junta de Freguesia, Sr. Carlos Pereira e, demonstram ao Sr. deputado Municipal que para se estar a par das situações e defender a população, até podemos morar no Polo Norte:
.





12 comentários:

Anónimo disse...

Eu conheço a "avenida" em causa, com avenidas destas nem quero imaginar como seria se fosse uma autoestrada....

Kitty

Paulo Silva disse...

Meu Caro Paulo Cunha
Não querendo levantar polémicas devo dizer o seguinte:
1º Foi-lhe explicado que a construção da estrada em questão é da responsabilidade da Comissão de Proprietários das Laranjeiras;
2º Como jurista sabe V. Excª as competencias das Comissões de Administração;
3º O Presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro convidou-o a ir ao local para lhe serem prestadas melhores explicações;
4º Vossa excelencia aceitou o convite;
4º Parece-me que não é eticamente correcto tendo aceite o convite vir agora escrever este post, com os comentários contidos no mesmo... Pode ser esta a sua forma de fazer politica... Se o é, tenho pena!
5º Já agora porque não publicou V. Excª as afirmações de uma eleita do PSD a elogiar a capacidade técnica da Câmara do Seixal, bem como que a Câmara do Seixal estava bem e recomendava-se...

Um abraço
Paulo Silva

PS: Face ao sistema de censura prévia existente no seu blog, vai V. Excª ter tempo de lançar este comentário, preparando previamente a resposta...

Paulo Edson Cunha disse...

Meu caro Paulo Silva,

antes de mais deixe-me dizer que agradeço sobremaneira o seu comentário.
Como pode verificar, o mesmo foi imediatamente publicado.
Como também sabe, o sistema de censura previa, destina-se a proteger-me e a terceiros, de anónimos difamadores. Como me poderia eu defender (ea si) se alguém o viesse aqui insultar p. ex.?
Sobre as suas questões:
1. Claro que me foi explicado, para além de eu já o saber previamente, o que não retira, com o devido respeito, pertinência à questão, pois com a moção, foi pedida à assembleia municipal que intercedesse junto das entidades competentes no sentido de ultrapassar a questão. Não teria força legal? talvez não, mas traria certamente um novo "elan" a uma situação que a Junta de Freguesia fecha os olhos, a Câmara assobia para o lado e a CDU lava as suas mãos nas Assembleias Municipais.
2. Forma de fazer política? pois deixe-me dizer-lhe que enquanto estiver vedada à oposição a apresentação das suas ideias políticas no Boletim Municipal, reservo-me o direito de fazer passar a mensagem do meu partido das formas que encontrar (para além disso fui eu que desafiei o Sr. presidente da Junta a lá ir comigo, mas com a comunicação social, convite que ele aceitou, mas que rapidamnete descartou a comunicação social, ficando ele de tirar umas fotografis).
Encontrei esta e, como bom democrata que é, peço-lhe que ajude a divulgar. sei que o fará.
3. A Dra. Clara Carneiro, fez uma excelente intervênção, muito apreciada por todos e, como sabe, no âmbito de uma questão particular (transferências de competências do Governos para as autarquias)elogiou o comportamento da Câmara e comparou-a lisonjeiramente com outras mais pequenas ou desorganizadas. Como bem sabe, tanto ela, como qualquer um de nós, sempre que se justifica temos elogiado muitas das acções do executivo. Aliás, ontem mesmo elogiei a actuação das Cãmaras do seixal, Almada e Sesimbra (todas comunistas), da nossa assembleia (incluindo todos os partidos com assento na mesma) e também as diversas entidasdes associadas à comissão do Hospital do seixal. Não vejo nada de especial nesse comportamento. Deixa-o feliz esse elogio? concerteza que sim, mas não deve confundir elogios pontuais com uma forte firme e convicta oposiçao, embora leal, que o PSD tem feito ao executivo e à maioria CDU que comandam os destinos do Concelho.
Quer fazer por merecer um novo elogio??? Associe-se ao PSD para tudo fazer no sentido da AVENIDA SEIXAL proporcionar aos seus utentes os níveis mínimos de conforto a que os mesmos têm direito.
Um abraço e, na próxima assembleia lá o espero, entretanto, vamos treinando por aqui...

Ponto Verde disse...

Afinal é só uma outra face de "uma espécie...de Paraíso"

Anónimo disse...

um gajo lê o post e depois vem ler os comentarios e chega a uma brilhante conclusão, bela merda de oposição

Paulo Edson Cunha disse...

Caro anónimo,
apesar de anónimo, apesar de ser um "gajo" que chega a conclusões, mas que não as explica, apesar da "censura previa" instituída (como alguns se queixam) optei por publicar o seu comentário pois o direito à opinião é inalienável, e não quero um blogue só com elogios, no entanto se se mostra desiludido com a oposição que tem, da minha parte estou receptivo a ouvir sugestões para "opositar" de outra forma...venham elas!

nunocavaco disse...

Concordo com o Paulo Silva e aproveito para escrever que comentei este post no banheirense.

hkt disse...

A Avenida do Seixal está muito bem como está.
Os altos e baixos da Avenida do Seixal são uma imagem sugestiva do estado geral do concelho de Seixal. Bem sei, que para a maioria da CMS acabei de proferir uma blasfémia mas, quando olho à minha volta não consigo deixar de pensar assim. Vejam-se as ruas (estilo Lisboa-Dakar) de Fernão Ferro, os muitos problemas de estacionamento em Paio Pires, no Fogueteiro..., a poluição da baía do Seixal, a vergonha de Vale de Chícharos... quanto à capacidade técnica da CMS nada tenho a dizer.

Paulo Edson Cunha disse...

Nuno Cavaco,
Quanta honra publicar um post no seu blogue fazendo apenas um copy-past deste, ou fê-lo apenas para ter a oportunidade de escrever sobre mim, num momento em que sabia que eu não me podia defender por estar ausente?
Aproveito para recomendar aos meus leitores uma visita ao seu blogue,
http://banheirense.blogspot.com/ local onde também responderei.
Não gosto de alimentar polémicas pessoais, mas não posso deixar de me insurgir contra o que acabou por fazer. Uma coisa é manifestar uma opinião, como o fez o Dr. Paulo Silva, meu colega da Assembleia Municipal, com quem mantenho acesas discussões, mas sempre sadias e leais, outra coisa é copiar um post integralmente e os respectivos comentários e comentando o mesmo.
Devo dizer-lhe que a ideia que quer dar é errada pois, para encerrar a polémica, e para lhe provar que não há da minha parte, nem do PSD qualquer tipo de demagogia, basta ler atentamente (peço-lhe que o faça mais uma vez)a proposta apresentada na moção. Como talvez saiba, uma moção deve terminar com uma proposta de deliberação da Assembleia Municipal que "corporize" todos os considerandos nela inseridos. Ora, no caso vertente, há um conjunto de considerandos e termina com uma proposta que (repare bem) não colide em nada com o afirmado por si, ou pelo Dr. Paulo Silva, com quem diz concordar. Senão vejamos:

"Pelo exposto, a Assembleia Municipal do Seixal, na sua reunião extraordinária de 04 de Junho de 2007, delibera:

1 – Manifestar junto de todas as entidades competentes a necessidade urgente de reparação e repavimentação daquele troço;"

Portanto, meu caro Nuno Cavaco, o que o PSD pretendia e continua a pretender, tanto nesta Moção como noutras que tem apresentado que a Assembleia Municipal no uso das competências que lhe são conferidas pela lei, e pelo próprio Regimento por si aprovado, use todos os mecânismos que lhe sejam possíveis para fazerem as instituições funcionar.
Como pode verificar, na proposta de deliberação não se pede nada à Câmara Municipal do Seixal, nem à Junta de Freguesia de Fernão Ferro, mas sim a todas (também a elas, porque também elas têm um importante papel neste processo)as entidades responsáveis.
Para o PSD mais importante do que apontar o dedo é apontar a solução e, neste caso, a solução é arranjar aquele troço que está no estado que se pode ver. Ou também acha que é demagogia condenar as condições apresentadas pelo troço? pensamos sim, que pior do que não fazer nada, é assobiar para o ar, de cada vez que apresentamos um problema concreto na assembleia Municipal, atribuindo as responsabilidades paran o problema umas vezes ao Governo, outras à Estradas de Portugal e, outras a uma qualquer Comissão de Comproprietários, lavando daí as suas mãos. Para isso caro Nuno Cavaco, não contem com o PSD.

nunocavaco disse...

Desculpe caro Paulo, mas se sabem quem são os responsáveis pela situação porque é que apelam a entidades que não são responsáveis?

Quanto ao estar fora ..., desculpe mas isso não o impediu de colocar o texto no seu blogue, que ainda por cima tem os comentários sob pré-aprovação.

Cumprimentos

* o comentário também está no banheirense e o post tem link para o seu texto

Paulo Silva disse...

O Paulo será que quando te referes à minha pessoa, tens sempre que falar no Drº... Francamente acho que não há necessidade...

PS: Li o Noticias no Seixal, e verifiquei que no raly paper a tua grande preocupação eram as minhas opiniões... Francamente não sabia que tinha essa capacidade de influenciar a agenda politica do PSD... Devo contudo corrigir-te, pois as afirmações que fizeste relativamente à Estrada de acesso ao HK, fi-las em referência à Estrada do Talaminho, é um equivoco da tua parte, que demonstra algum desconhecimento do concelho, por isso reitero a oferta de te mostrar o concelho.

PS do PS: Espero que tenhas tidoboas férias´, para estares em forma na próxima Assembleia.

Anónimo disse...

Meus senhores
Sou moradora na "Avenida" do Seixal e espero que por pouco tempo, afinal estas condições arcaicas e desprovidas de mudança, bem estar ou segurança nada abonam para que qualquer habitante permaneça na zona em questão.
Quando vim morar para a Av do Seixal-(2003),fui informada que era apenas uma questão de aguardar que brevemente a situação seria resolvida, que o construtor deixou tudo pago e era portanto, uma questão de tempo. Lamentavelmente e volvidos 4 anos continua pior do que já estivera outrora.
No Inverno as poças são tantas, assim como os imensos buracos, que temos dificuldades nos actos básicos tal como em atravessar uma estrada, em passear um animal,em despejar o lixo...
No último Inverno passar com o carro era um sentimento de risco, medo e frustração ... Confesso que por duas vezes já furei um pneu e estraguei uma jante, face a um buraco enorme completamente tapado de agua, que não permitiu visibilidade para que tal não chegasse a acontecer. Já ajudamos inclusivê duas pessoas que, chegaram a ficar presas com o carro na lama numa berma, cuja a assistência dependeu da boa vontade dos moradores, empurrando o carro, que patinava na lama. Já assisti a animais atropelados pois o carro ao travar na areia aqui em pleno verão, derrapou precisamente para o lado que o condutor não queria...
No Verão estamos ainda impossibilitados de abrir janelas O pó que entra para dentro de cada habitação nesta "grande" Avenida é insuportavél) com o agravamento da alergias ou problemas respiratórios originando problemas de saúde publica, chego a pensar quando me dirijo á janela que o próximo carro fará uma vitima mortal, quando o mesmo não obedece á travagem, em plena areia ou lamaçal.
Admito que tenho vergonha de trazer amigos, familiares ou até conhecidos á rua que habito.
O último que trouxe (Profissional de Saúde )fez um comentário que partilho..."Se o Hospital do Seixal for á semelhança da Avenida, confesso e espero que nunca te sintas mal, pois o destino final é a morgue"...

Afinal as infraestruturas não existem e a assistência por aqui não é nenhuma... rematou

Agora só para nós e quem no vem aqui "ouvir"
Meus Senhores preocupem-se em resolver os problemas pequeninos e deixem os grandes de lado,não queiram agarrar aquilo a envergadura desta obra, afinal não conseguem resolver o problema da AVENIDA do Concelho, como ambicionam um Hospital?
Só me resta pensar que é demasiada pretensão e ambição e até falta de humildade ou outros interesses em querer tamanha infraestrutura no vosso Concelho.

Visto bem,vocês até alcatroaram a Avenida... até metade...Percebi! Concluiram que por baixo entram os tractores. Estarei certa??

Tal como o meu amigo diz e comparando a situação a esta vossa gestão, creio que se chegasse ao Hospital do Seixal com hematomas em todo o corpo, tratavam-me até aos Joelhos, o resto empurravam passavam competências e responsabilidade para a .....morgue claro!

Lamentarei a não pronuncia, pretendo guardar para memória futura todo e qualquer feed back que até hoje não obtive.

A responsabilidade é da exclusividade da Associação dos moradores das Laranjeiras?

Qual o papel de uma Camara ou Junta de freguesia perante situações em que a associação nao consegue prosseguir com obras básicas que possam prejudicar os moradores?

Tem previsão de alguma alteração face á antiguidade da situação?

De facto vocês não perservam os vossos habitantes, pelo menos aqueles que ambicionam com as condições minimamente exigidas,limpeza,infraestruturas, honestidade.
O retorno será concerteza uma população á vossa imagem, que assim seja! Terão o retorno!